Conheça quais os tipos de corantes existentes!

4 minutos para ler

Você sabe quais são os tipos de corantes existentes para dar aquele diferencial na sua receita? Neste texto, vamos apresentar cada um e mostrar como corantes líquidos, em gel ou em pó devem ser usados.

Mas não é só isso! Vamos descrever as vantagens e desvantagens de cada um, suas características e apresentar alguns exemplos de corantes que foram banidos por representar risco à saúde.

Continue lendo, aprenda mais e saiba como tornar suas receitas coloridas e seguras.

Quais são os tipos de corantes existentes?

São considerados corantes qualquer tipo de substância que ajude a dar cor e a tornar os alimentos mais atrativos e saborosos. Eles podem ser de naturais (de origem vegetal, animal ou mineral) ou artificiais, quando manipulados em laboratório.

Também podem se apresentar de diferentes formas: em pó, liquido, gel ou spray. Veja:

  • corante líquido: é um dos mais usados, e isso se deve ao fato de misturar mais fácil e não manchar. É indicado para texturas cremosas, como glacê, massas, cremes e coberturas;
  • corante em gel: tem ótimo custo-benefício para quem usa bastante corante em suas receitas. Bastante concentrado, pode colorir texturas cremosas e massas mais duras, como a pasta americana;
  • corante em pó: deve ser diluído antes de ser usado e pode ser aplicado em massas de bolo, biscoitos, pipocas e coberturas. Também, para polvilhar e dar um toque final na decoração. Outra vantagem é ter cores brilhantes e peroladas;
  • corante em spray: usado para fazer acabamentos decorativos nos alimentos. Ajuda a dar brilho, efeito metálico e até mate. Basta borrifar e está pronto!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Quais as origens dos corantes e suas indicações?

Os corantes podem ser naturais, artificiais e o corante caramelo. Todos são permitidos para a venda. Além dos corantes naturais e artificiais, dos quais já explicamos a origem, temos também o caramelo, que é obtido a partir do aquecimento do açúcar.

Corantes naturais

Obtidos a partir de vegetais, como:

  • extrato de urucum, que fornece tonalidade vermelha;
  • carmin de Cochonilha, extraído de um inseto e usado em balas, sorvetes ou biscoito. Fornece colocação rosa;
  • curcumina, extraído da cúrcuma e tem coloração amarela;
  • antocianinas, vêm das flores e frutos e têm coloração roxa;
  • corantes de vegetais, aqueles cuja coloração vem da beterraba, cenoura ou outro vegetal que confira cor à receita;
  • corante caramelo, vem do aquecimento do açúcar e pode variar do amarelo, passando pelo marrom e chegado ao quase preto. Presente em biscoito, doces, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Corantes artificiais

Obtidos em laboratórios e sem valores nutricionais, como:

  • amarelo de tartrazina, presente em balas, gelatinas e até no caldo de carne. Sua presença deve ser indicada no rotulo;
  • amarelo crepúsculo, presente em bolos, refrescos, sopas e margarinas. Já foi banido de alguns países, como a Finlândia e a Noruega;
  • vermelho bordeaux, presente em cereais, balas e laticínios. Também já foi banido dos EUA, Áustria e Rússia;
  • azul de indigotina, usado em chicletes, iogurte e balas.

Alguns corantes artificiais são proibidos em alguns países, pois têm alto potencial para desenvolver alergias ou reações adversas.

Como escolher um bom corante?

Artificial ou natural, o importante é que você escolha um produto permitido pela legislação brasileira e que tenha a ver com sua receita. Vai fazer um bolo? Use corante liquido ou em gel! A ideia é decorar um cupcake? Aposte no gel, spray ou pó para dar um toque final. O ideal é que você conheça todas as possibilidades para aplicar na sua cozinha.

Como vimos, existem vários tipos de corantes, de origem e consistências variadas e que ajudam a dar um toque extra nas suas receitas. Eles podem ser de origem natural, artificial e até vindos do açúcar, como corante caramelo. São aplicados nas mais diferentes consistências de alimentos para dar cor, sabor e beleza aos pratos.

Agora que você já sabe tudo sobre tipos de corantes, que tal curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de outros assuntos?

Você também pode gostar

Deixe um comentário