Como ter uma confeitaria saudável? Descubra aqui!

3 minutos para ler

Que tal apostar em doces nutricionalmente mais ricos e naturais?

Pois saiba que esse é o conceito de uma confeitaria saudável, que, além de fazer bem à saúde, está crescendo e tendo cada vez mais procura no mercado.

Se você está interessado em saber como atender essa clientela ávida por doces sem glúten, lactose e açúcar e ainda deseja ganhar mais dinheiro, veio ao lugar certo. Neste texto, vamos explicar como a confeitaria saudável funciona e como você pode aplicar esse conceito no seu trabalho e fazer ainda mais sucesso com seus doces.

Continue lendo, aprenda já e seja mais um adepto da confeitaria saudável.

O que é confeitaria saudável?

Cada vez mais as pessoas estão cuidando da saúde e levando essa preocupação para a sua alimentação. Existem pessoas que precisam de alimentos especiais por terem dificuldade de digerir determinados tipos de nutrientes (lactose, glúten, açúcares), e outras que buscam alimentos livres desses ou outros elementos por acreditarem que eles serão melhores para suas vidas (industrializados, carboidratos).

Assim, convencionou-se chamar de confeitaria saudável os doces produzidos sem esses ou outros elementos e voltados para esse público.

Como ela funciona?

A principal ideia da confeitaria saudável é torná-la inclusiva para quem quer usufruir de certas delícias, mas não pode ou não quer lidar com alguns ingredientes. A confeitaria saudável trabalha com a lógica da substituição: dar o doce saboroso que os clientes esperam, mas sem os itens que fazem mal.

Assim vale:

  • usar farinha sem glúten para quem tem dificuldade de digerir o nutriente;
  • substituir o leite convencional por opções sem lactose, como o de amêndoas ou soja;
  • aderir ao leite condensado vegetal, também livre de lactose;
  • fazer uso de cacau em pó no lugar do achocolatado.

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

Há mercado para esse tipo de confeitaria?

É importante notar que certas substituições favorecem vários tipos de clientes, o que torna o seu produto interessante para diversos públicos.

Por exemplo, um bolo sem glúten e com leite condensado vegetal vai chamar a atenção de pessoas intolerantes, fitness e vegetarianas. Ou seja, você pode criar subgrupos de produtos dentro da sua confeitaria e vender ainda mais.

Vale investir em receitas voltadas para o público fit, intolerante, saudável, diabéticos, vegetarianos, veganos, low carb e muito mais.

Como não é um tipo de confeitaria muito comum, há pouca concorrência. É um mercado em expansão e, sem bem-feita, ganha destaque e fideliza clientes que não têm onde comprar o que desejam.

Como vimos, a confeitaria saudável é um grande mercado em expansão e carente de pessoas que possam fornecer os produtos certos para a sua clientela.

Para entrar nele, é preciso estudar bem as receitas, fazer as substituições certas e oferecer produtos gostosos, saudáveis e dentro do que vários subgrupos da confeitaria saudável esperam. Assim, vale usar farinha sem glúten para intolerantes, leites vegetais para vegetarianos e ainda açúcares naturais e cacau no lugar do achocolatado para agradar a quem não curte industrializados. Só não vale abrir mão do sabor!

Agora que você já sabe tudo sobre confeitaria saudável, que tal visitar o site da Nova Safra e conhecer alguns desses produtos?

Você também pode gostar

Deixe um comentário