5 receitas tradicionais de doces para festa junina

3 minutos para ler

Doces para festa junina são uma lembrança muito forte desse momento anual que surgiu como uma comemoração e o desejo das boas colheitas no campo.

As comidas dessa data são à base de milho e muito esperadas para uma degustação com fartura e variedade. Além disso, a cultura dessa celebração está muito associada aos santos do catolicismo, como São João, Santo Antônio e São Pedro.

Viver a festa junina é experimentar os doces de todo o rico universo da cultura da colheita nordestina. Atualmente, as comidas típicas e os festejos também acontecem em outras regiões do Brasil.

Após a leitura deste texto, você saberá como fazer as receitas mais tradicionais da doçaria junina. Vamos lá?

1. Maçã do amor

Além do amarelo do milho, outra cor muito presente nas festas juninas é o vermelho, afinal, é o momento do santo casamenteiro ser celebrado. Dessa forma, vale apostar na maçã do amor, aliada à ajudinha de Santo Antônio — para conseguir uma boa paquera.

A receita é bem simples e acontece ao mergulhar a maçã em uma calda doce. O segredo para o ponto certo da calada é pingar, em um copo com água fria, um pouco do líquido. Se a textura formada for quebradiça, então, a calda está no ponto. Se ela ainda estiver elástica, precisa de mais tempo no fogo.

2. Curau

Popularmente conhecido como canjica, o curau é um doce pastoso feito a partir do creme de milho, leite, açúcar e canela em pó.

Para chegar ao ponto certo dessa pasta, é preciso entender que, após desligar o fogo, a panela ainda continuará quente, por isso, o processo de cozimento não acaba. Cada panela tem um tempo de permanência desse calor, então, é preciso prestar atenção nesse tempo para que a canjica não fique elástica demais.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

3. Pé de moleque

A mistura de amendoim torrado e rapadura pode resultar em um ótimo Pé de moleque. Esse doce também pode ser encontrado em uma versão de bolo. Para essa receita, adiciona-se massa de mandioca fermentada, açúcar, manteiga, ovos e leite. O fato é que essas duas formas são ótimas para montar incríveis kits festa edição junina.

4. Pamonha

A pamonha leva milho verde ralado. Sua mistura com leite, sal e manteiga resulta em uma massa compacta, que é embalada na própria palha do milho. Tudo isso acontece em um processo de cozimento.

A pamonha também pode aparecer recheada e nas formas doce ou salgada. Um clássico é comer a pamonha com uma fatia de queijo coalho assado.

5. Cocada cremosa

A cocada é um dos doces mais gostosos da festa junina. A mistura leva, basicamente, coco ralado, leite condensado, manteiga e açúcar. Para que a cocada fique cremosa, é preciso não exagerar na quantidade de açúcar, fazendo um bom equilíbrio entre o leite condensado e a quantidade de coco. Geralmente, para cada 400 gramas da fruta, é utilizada uma caixa de leite condensado.

Depois de ler este texto, a vontade é de provar todos esses doces para festa junina, não é? Comer uma maçã do amor, pegar aquele pratinho de curau, com uma fatia de pé de moleque de ladinho e uma lasca de cocada cremosa… Essa é uma marmita muito bem-vinda para alavancar as suas vendas!

Se você está em dúvida sobre o tipo de marmita ideal para embalar essas guloseimas juninas, vale a pena saber mais sobre as embalagens de papel e isopor.

Você também pode gostar

Deixe um comentário