Pães rústicos: como avaliar a qualidade dos seus produtos?

3 minutos para ler

Se você é um apaixonado por pães rústicos e investe na venda desse tipo de produto, esse texto pode ser interessante. Nele, vamos falar como esse tipo de pão tem conquistado cada vez mais o mercado, como se diferenciar investindo em qualidade e como transparecer isso na hora da venda.

Mesmo com apenas três ingredientes — água, farinha de trigo e fermento, vamos lhe ajudar a diferenciar o seu produto e a destacá-lo no mercado. Se você está procurando dicas sobre pães rústicos, continue a leitura e saiba como arrasar na sua fabricação!

Entenda a importância de produtos de qualidade

Apesar de levarem apenas três ingredientes, existem uma série de passos a serem seguidos na confecção desse tipo de pão para que ele tenha um padrão e possa ser desejado pelo consumidor.

Para atingir isso, seus ingredientes devem ser de boa qualidade e você poderá:

  • usar uma farinha importada agrega valor à mercadoria, e também ao valor final do produto;
  • você também poderá usar farinha comum, mas nunca use aditivos químicos e conservantes no seu pão. É a fermentação natural, que vai dar sabor, cor, casca diferentes e típicos do pão rústico;
  • aprenda a produzir e tratar adequadamente o seu fermento natural. Ele deverá ser tratado na temperatura ambiente e refrigerada, ser mantido vivo por 10 dias, ter atenção para que as leveduras não morram e deixem o pão muito ácido, e ainda ter parte sempre descartada para gerar um novo fermento perfeito. 

Veja como são avaliadas a qualidade dos pães rústicos

Pães rústicos são tradicionais da Europa e costumam seguir determinados critérios para que sejam reconhecidos como de qualidade. Assim, busque que seus pães tenham: 

  • tamanho: em geral, são pães grandes, com 500 gramas ou mais, feitos de fermentação natural e longa;
  • cor: tom dourado, bem distribuído, sem aspecto de queimado em nenhum ponto;
  • casca: dura e crocante, com boa espessura;
  • miolo: alvéolos presentes -sinais de boa fermentação-, e cozimento completo no núcleo;
  • sabor: apresenta certa acidezb(mas não muita), efeito da fermentação natural;
  • aroma: pães bastante aromáticos. 

Entenda como esses pães conquistam o cliente

Um pão bonito, com aspecto diferenciado e muito natural. Essas são algumas das características que ajudam a conquistar clientes e tem tido cada vez mais demanda no mercado.

E, para conquistar uma fatia dessas vendas, o padeiro rústico deve investir em ingredientes de qualidade e no cuidado com a fermentação, o grande segredo desse tipo de produto. 

Como vimos, pães rústicos são pães feitos de forma artesanal, mas que podem ser feitos para grande demanda, cujo segredo está na confecção de um bom fermento natural. Mas não só isso. A qualidade da farinha e a manipulação e descarte corretos do fermento vão garantir um pão aerado, com alvéolos, casca grossa e crocante. Tais processos ajudam a dar um aspecto rústico, um sabor levemente ácido e único.

Se você quer oferecer tudo isso aos seus clientes, invista nessas dicas, ofereça mais qualidade na sua padaria e aumente suas vendas.

Agora que você já sabe tudo sobre a análise da qualidade de pães rústicos, que tal no seguir no Facebook, Instagram e YouTube para ficar por dentro dessa e de outras dicas?

Você também pode gostar

Deixe um comentário