Descubra agora como melhorar a descrição do prato no delivery

4 minutos para ler

Como vender comida para um cliente que não pode ver, ao vivo, aquilo que ele está comprando? Simples: apostando em uma boa descrição do prato!

Neste texto, listamos três dicas de como atingir esse objetivo, sem enrolação e convencendo o cliente a escolher o seu produto. São dicas simples, mas efetivas, como fazer a descrição correta do prato, caprichar nas imagens e chamar atenção pelo que for, de fato, relevante.

Quer ter um cardápio no delivery que vai direto ao ponto? Então, continue a leitura deste post!

Entenda por que uma descrição do prato é importante

Criar um cardápio para delivery é saber mexer com os sentidos e as emoções do cliente, afinal, ele não está vendo o prato ou sentindo o cheiro da comida — como é o caso de alguém que entra no restaurante físico.

Para vender bem, é preciso tentar transportar essas mesmas sensações a partir da descrição dos pratos. Transmitir a ideia do sabor, do cheiro e das cores por meio de imagens e da descrição do prato é essencial. Tudo isso pode mexer com a imaginação do cliente e influenciar positivamente nas suas vendas.

Veja dicas de como fazer uma descrição perfeita

A seguir, confira as melhores práticas para descrever bem os seus pratos e conquistar ótimos resultados!

1. Use informações relevantes

Não precisa dizer que um prato salgado leva sal, pois isso já é subentendido. Explique a quantidade exata de carne que vai no prato, detalhe o que é o “molho especial da casa”, e chame atenção para ingredientes especiais ou inusitados (camarões grandes, pimenta-biquinho ou algo do tipo).

Esse tipo de detalhamento desperta a atenção do cliente e faz com que ele se detenha mais tempo analisando o prato. 

2. Capriche nas imagens

Do que adianta dizer que o item leva camarões graúdos se, na foto do prato, aparecem camarões pequenos ou uma imagem feita sem capricho, que dificulta a visualização do produto?

Crie uma sintonia perfeita entre o que você descreve e o que você exibe, para que o cliente não tenha dúvidas sobre o que ele vai comprar e para que essa imagem desperte o interesse das pessoas.

Uma boa foto faz com que o seu público tenha vontade de consumir o prato exibido e, consequentemente, aumenta as vendas.

3. Não se esqueça da descrição funcional

Você descreveu bem o prato, colocou fotos lindas, mas não citou o preço? Não mencionou que formas de pagamento sua loja aceita? E o valor da entrega?

Pode parecer menos importante, mas essa descrição mais funcional da venda do prato também conta para que o cliente possa se decidir por ele. Se a pessoa tiver vontade de adquirir o seu prato e notar que o pagamento e a entrega são facilitados, ela tende a ter mais chances de comprar.

Mantenha o cardápio sempre atualizado

Como vimos, fazer uma boa descrição do prato de um delivery é garantia de boas vendas. Isso acontece porque o cliente sabe exatamente o que vai comprar e não se frustra. Além disso, ele tem seus desejos e sentidos despertados para a experiência gastronômica, e pode ser convencido por uma foto bonita.

Vale lembrar que esse trabalho deve ser feito constantemente, para que o cardápio do seu delivery esteja sempre atualizado. Senão, do que adianta conduzir o cliente por toda essa jornada e, na hora de concluir a venda, não ter o prato?

Agora que você já sabe como montar a descrição de um prato, que tal aprender a tirar foto de comida e arrasar no seu cardápio?

Você também pode gostar

Deixe um comentário