Afinal, o que é e quais são os benefícios do cardápio digital? Veja aqui!

7 minutos para ler

Os avanços tecnológicos têm chegado aos mais diversos setores do mercado — e isso não é necessariamente uma novidade. Cada vez mais, há novos recursos que objetivam facilitar o cotidiano das pessoas das mais distintas maneiras e, nos últimos tempos, essa evolução alcançou até mesmo os estabelecimentos do ramo de food service.

A manifestação da tecnologia nesse segmento se dá de inúmeras formas, entretanto, representando um instrumento facilitador, o cardápio digital vem se destacando como uma tendência que, sem dúvidas, veio para ficar. Essa transformação promete não apenas a otimização da sua frente operacional, mas também a elevação do potencial consumista do seu público, tornando possível o aumento do faturamento do seu empreendimento.

Talvez você esteja se perguntando: “como um cardápio digital pode ser responsável por impactar positivamente tantos aspectos de um estabelecimento alimentício”? Pois é justamente disso que trataremos neste conteúdo, explicando não apenas o conceito desse recurso, mas também os seus benefícios e a forma de implementação. Continue a leitura e fique por dentro!

O que realmente é um cardápio digital?

De forma bastante simplista, podemos entendê-lo como um recurso tecnológico que, nos últimos tempos, vem sendo empregado em diversos empreendimentos do segmento de food service, como os restaurantes. Basicamente, por meio dele, os clientes têm a possibilidade de escolher os pratos e as bebidas com mais praticidade, bem como com mais autonomia e facilidade.

Além disso, é inegável que, com a disponibilização do cardápio por meio digital — geralmente acessível por dispositivos móveis —, os frequentadores não apenas têm mais liberdade para explorar cada detalhe das opções servidas pela casa, como também podem desfrutar de um atendimento mais ágil. Todos esses fatores, por consequência, acabam por tornar a experiência do consumidor muito mais positiva.

Quais são os benefícios que esse facilitador traz para o cliente e para o próprio estabelecimento?

No tópico anterior, já foi possível dar destaque a alguns dos principais benefícios da disponibilização de um cardápio digital, principalmente para o público que frequenta os estabelecimentos, como a maior praticidade, a agilidade e a autonomia. Entretanto, indo um pouco mais a fundo, é possível descobrir que há várias outras vantagens provenientes do seu emprego, não apenas restritas aos clientes, mas também estendidas aos estabelecimentos que fazem uso do recurso. A seguir, confira algumas delas!

Maior facilidade para a renovação do cardápio sem a necessidade de despender altos recursos

O primeiro benefício que receberá destaque é especialmente direcionado para os empreendimentos que optaram por adotar essa ferramenta digital. Suponhamos que foram implementadas algumas mudanças nos pratos ou na cartela de bebidas — por exemplo, o acréscimo de uma alternativa de refeição ou de uma sobremesa que está em alta. Naturalmente, há a necessidade de alterar o cardápio para que os clientes possam visualizar as novas opções oferecidas pelo estabelecimento.

Se o empreendimento ainda for adepto aos menus em papel, será necessário refazê-los e imprimir a quantidade necessária da nova versão. Entretanto, quando um cardápio digital é utilizado, tudo se torna infinitamente mais simples, já que basta acessá-lo (por exemplo, pelo computador) e fazer as alterações exigidas (nesse caso do exemplo, os acréscimos). Automaticamente, a atualização será replicada em todos os dispositivos, sem demandar um maior trabalho manual ou altos gastos.

Atendimento mais célere, dispensando a necessidade de aguardar pelo garçom

Ao contrário do benefício tratado no tópico acima, aqui, a maior vantagem é percebida pelos frequentadores do espaço. Isso porque o cardápio digital suprime a necessidade de aguardar o garçom apenas para a anotação dos pedidos. Essa vantagem, por si só, gera reflexos significativamente positivos sobre a satisfação dos clientes, principalmente naqueles dias em que o movimento do estabelecimento está grande e será preciso aguardar para ser atendido — se houvesse essa necessidade, será preciso contar com a paciência do consumidor.

Inovador, o recurso faz uso da integração, de modo que, quando o cliente conclui a sua escolha, ela já é diretamente remetida ao sistema do estabelecimento, possibilitando que a cozinha tenha acesso às informações de modo muito mais rápido. Além disso, algumas opções também possibilitam que o consumidor acompanhe o “status” do seu pedido em tempo real, o que reduz a sua ansiedade e deixa-o mais satisfeito e tranquilo.

Diminuição de custos com a mão de obra

Mais uma vantagem significativa para o empreendimento — especialmente para aqueles que ainda estão começando e talvez não disponham de um alto capital para investir — é a diminuição de custos com a força de trabalho. Afinal, como dito, o próprio cliente pode fazer o seu pedido com o uso de um dispositivo eletrônico, sem a necessidade de garçons nesse primeiro momento, por meio de um processo que é bastante intuitivo e simples.

Consequentemente, para o estabelecimento do segmento de food service, isso significa a desnecessidade da contratação de um grande time de profissionais, o que, naturalmente, diminui muito os gastos com a folha de pagamentos. Essa economia, inclusive, pode permitir que você invista os valores poupados em outras áreas — por exemplo, promovendo treinamentos a fim de capacitar ainda mais as suas equipes (de atendimento, da cozinha etc.) e entregar um serviço de cada vez maior excelência para os frequentadores do local.

Como implementar essa tecnologia no seu empreendimento?

Ao chegar até aqui, é muito provável que você esteja interessado em saber mais sobre as possibilidades de implementação desse recurso tecnológico no seu estabelecimento, certo? Pois saiba que, para fazer uma escolha acertada, é preciso avaliar os serviços das companhias que oferecem esse tipo de sistema, procurando saber mais sobre cada uma das modalidades disponíveis e avaliando qual faz mais sentido para o seu negócio e para o seu público.

Isso porque há diversos aspectos que devem ser considerados no momento da escolha, além dos valores, como a oferta de suporte, a inclusão da instalação do software na contratação, a possibilidade de ter autonomia para a programação do cardápio, o nível de facilitação da locação dos equipamentos necessários etc. — se esse tipo de prestação for o que você busca — ou apenas a disponibilização da tecnologia, se essa modalidade parecer mais conveniente conforme as suas necessidades.

Como visto, dispor de um cardápio digital não apenas gera incontáveis benefícios para o próprio estabelecimento, mas também promove diversas vantagens para os frequentadores do espaço, já que, cada vez mais, os clientes em geral buscam praticidade e agilidade. Sendo assim, uma contratação acertada será capaz de otimizar o dia a dia do seu negócio, de reduzir os seus custos e de tornar os seus consumidores mais satisfeitos. 

Então? Entendeu como a tecnologia vem se tornando uma aliada cada vez mais forte de empreendimentos do ramo alimentício? Então, que tal aproveitar para compartilhar este conteúdo e ajudar-nos a disseminar esse conhecimento entre os gestores do setor? Vamos lá!

Você também pode gostar

Deixe um comentário