6 formas de vender sorvete no inverno

6 minutos para ler

O sorvete é uma das sobremesas preferidas dos brasileiros, afinal de contas, é um doce que agrada aos mais variados paladares com seus inúmeros sabores, além de ser perfeito no clima tropical. No entanto, o desafio de muitos empreendedores é saber como vender sorvete no inverno, já que as pessoas evitam comidas e bebidas geladas nessa época do ano. 

Para começar, é bom destacar que o hábito de tomar sorvete no inverno não causa gripe ou resfriado, por exemplo. Inclusive, no primeiro caso, o causador da doença é um vírus. No entanto, mesmo assim, muitas pessoas acabam acreditando em mitos populares, e é preciso saber contornar a situação com algumas estratégias.

No caso da venda do sorvete no inverno, é possível criar combinações com outros ingredientes e pratos que são mais associados à estação, desenvolver novas formas de apresentação, entre outras ações. E para quem quer saber mais sobre o assunto, abaixo, listamos algumas dicas. Confira!

1. Aposte nos sabores invernais

Em cada época do ano, alguns ingredientes e sabores fazem mais sucesso do que outros. Por exemplo, no verão, a preferência é por sabores leves e cítricos, como o limão, laranja e abacaxi, pois ajudam a trazer uma sensação de refrescância.

Já no inverno, a preferência é por outros tipos de sabores, como chocolate, castanhas, canela e doce de leite. Levando tudo isso em consideração, é interessante que a sorveteria siga essas tendências criadas pelos consumidores.

Não que seja necessário ter um cardápio específico de sabores de sorvetes diferentes em cada estação. Até mesmo porque sabores clássicos — como baunilha, morango e o próprio chocolate — são sucesso o ano todo. Mas de acordo com a época, é possível adicionar variedades que agradem, especialmente, os clientes que procuram por novidades.

Alguns sabores especiais que podem fazer parte do menu invernal são o chocolate meio-amargo, canela, petit gateau, avelã, gianduia e caramelo. Além do mais, a própria apresentação pode fugir das versões clássicas do copinho ou casquinha. Servir o sorvete em um cone trufado com calda quente por cima é uma ótima dica que, com certeza, fará muito sucesso tanto entre as crianças como entre os adultos.

2. Invista nos acompanhamentos

Outra dica que vai ajudar não apenas a incrementar as vendas do sorvete no inverno, mas do cardápio em geral, é incluir alguns acompanhamentos especiais. Essa ação vai valorizar o cardápio e será um incentivo para que os clientes aumentem o valor das suas compras.

No inverno, alguns acompanhamentos que não podem faltar nas sorveterias são pedaços de bolo, mini-churros, frutas como o morango, creme de avelã, farofa de castanhas, brownie, waffle, ganache de diferentes tipos de chocolate e frutas assadas.

Para quem quer incrementar com opções mais especiais, tortas de maçã ou a clássica banoffee de banana vão combinar muito bem. Nesse caso, a dica é servir a torta quente com o sorvete, o interessante será o contraste de temperaturas. Com todas essas deliciosas opções, será difícil resistir aos sorvetes no inverno, não é mesmo?

3. Monte combos com petit gateau

A famosa receita francesa, que entrou na moda alguns anos atrás e pelo visto não saiu, está cada vez mais atraindo o público brasileiro e não é a mesma coisa sem o sorvete para acompanhá-la. O bolinho quente, com o recheio cremoso, pode ser feito de vários ingredientes, do tradicional chocolate até o doce de leite. 

A combinação é sucesso garantido e pode ser incrementada com calda de chocolate quente, chantilly e morangos. Como o petit gateau é feito com chocolate amargo e cacau, ele é perfeito para ser servido com sorvetes bem doces, como o de baunilha, creme e mesmo chocolate ao leite.

4. Crie diferentes caldas quentes

Se você prefere não fugir muito da ideia de oferecer o sorvete como estrela principal para atrair os clientes nos dias frios, é necessário criatividade! Uma solução para isso é investir nas caldas quentes para acompanhar e quebrar a imagem de uma sobremesa extremamente gelada, podendo ser consumida mesmo no inverno. 

A variação na calda pode ser no sabor, como chocolate ao leite, chocolate meio-amargo, chocolate branco, doce de leite, caramelo e morango. As caldas podem ser servidas pelo próprio cliente ou não, basta deixá-las em um recipiente aquecido.

No mercado, é fácil encontrar ingredientes para fazer a calda quente, basta procurar um fornecedor especializado. Além do mais, não se esqueça de continuar oferecendo as caldas tradicionais, que não precisam ser aquecidas, mas que combinam bem em qualquer época do ano.

5. Aumente as opções do cardápio

Uma boa estratégia para não perder o movimento do seu negócio no inverno é investir em produtos paralelos ao sorvete. Ao expandir o cardápio, os clientes vão procurar a sua empresa, já que, caso eles não queriam um sorvete, existem outras opções de doces mais quentinhos. 

Por exemplo, o café é uma preferência nacional e pode ser usado na composição de diversas bebidas quentes que são muito procuradas no inverno. Café mocha, latte, macchiato, latte macchiato e o clássico cappuccino são ótimas pedidas no inverno.

Também é possível investir em receitas com base no chocolate, inclusive o chocolate quente, que é a cara da estação. O chocolate pode vir acompanhado de bolos e tortas ou como cobertura quente com frutas. São muitas combinações que podem ser feitas com o chocolate como ingrediente principal ou apenas como um acompanhamento no prato. 

6. Faça promoções

Por último, a dica que funciona em todas as estações é fazer promoções. Criar combos especiais é uma ótima ideia, pois você pode combinar o sorvete com um acompanhamento e/ou uma bebida. 

Por exemplo, waffle com sorvete, calda quente e uma bebida de inverno pode ser uma combinação. Já para quem está em grupo, a dica é oferecer um combo de sorvetes e foundue de chocolate, tudo acompanhado por muita calda e frutas da estação. 

Não faltam alternativas para você personalizar os combos. Só é preciso ter criatividade e entender as necessidades do seu público-alvo para criar o cardápio perfeito. Além do mais, procure trabalhar com bons fornecedores, como a Nova Safra. Além de comercializar os melhores produtos, a empresa oferece diversos cursos e receitas que vão ajudá-lo.

E se você gostou de todas essas dicas sobre como vender sorvete no inverno, aproveite e entre em contato conosco agora mesmo para conhecer os melhores ingredientes e utensílios que temos para o seu negócio! 

Você também pode gostar

Deixe um comentário