Clube de assinatura de comida: vale a pena investir nessa tendência?

3 minutos para ler

A ideia de enviar produtos selecionados mensalmente para os clientes movimenta US$ 10 bilhões por ano nos Estados Unidos. No Brasil, o modelo de negócio ainda tem muito caminho a percorrer, mas o faturamento já chama a atenção: R$ 1 bilhão por ano, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm).

Se você tem um negócio no ramo de alimentação, uma ótima maneira de se destacar é criando um clube de assinatura de comida. Continue a leitura para entender como essa tendência funciona e quais são as vantagens!

O que é e como funciona um clube de assinatura?

Na verdade, o modelo de assinatura não é uma ideia nova. Muitos serviços de streaming são vendidos por meio de assinaturas (músicas, filmes, séries etc.). Além da TV paga clássica, existem alguns gigantes do mercado digital, como Netflix, Spotify e Deezer.

A diferença é que, com as contínuas mudanças e a remodelagem do mercado digital, o modelo de assinatura foi muito além desses serviços de streaming de mídia. Agora tem clube de livros, bebidas, alimentos, produtos de beleza, entre outros. Inclusive, você pode atuar em um nicho específico, como o de alimentação vegana.

Basicamente, o segmento de assinaturas funciona assim: os clientes que aderem ao serviço pagam mensalmente e podem usufruir do plano até quando desejarem. Em muitas empresas, os planos são diferenciados por tempo, como semestral e anual. As pessoas escolhem com base no preço que atrai seus interesses ou no orçamento mais adequado.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Por que montar um clube de assinatura de comida?

Confira alguns dos principais benefícios de investir nessa ideia.

Retorno mensal garantido

Se você usar um modelo de assinatura para vendas, poderá prever a receita mensal com mais clareza. Em outras palavras, ao contrário do caso das vendas independentes tradicionais, é possível saber exatamente quanto receberá no final do mês com base no número de assinantes do seu clube. Com essa previsibilidade, dá para você planejar novos investimentos, com menor risco e com mais liberdade.

Mais fidelização

Outra grande vantagem de trabalhar com refeições ou lanches por assinatura é o poder de fidelização. Se você já conquistou clientes ao ganhar assinaturas, as chances de eles continuarem pagando são muito altas. Ou seja, diferentemente do negócio tradicional, em que é preciso esperar que as pessoas voltem a procurá-lo, o clube garante vendas regulares.

Menos custo para o cliente

As assinaturas costumam oferecer preços mais baixos, e esse é um dos pontos-chave para vender e fidelizar o cliente. Por exemplo, imagine pagar em prestações. Embora valores baixos sejam recorrentes, eles têm menos impacto no final do mês. Por isso, há uma tendência maior de os assinantes continuarem com você. Afinal, pagar um valor menor por mês é mais atraente do que fazer uma compra grande de uma só vez.

Como você observou, montar um clube de assinatura de comida pode ser um excelente investimento. Para quem gosta de surpresas e novidades, o modelo se torna bem atraente. Além disso, é uma boa forma de fidelizar clientes e conquistar novos, pois não tem um custo muito alto. Estude todas as possibilidades que apresentamos aqui e mãos à obra!

Gostou do conteúdo? Siga a gente no Facebook, no YouTube e no Instagram para não perder as novidades! Até a próxima!

Você também pode gostar

Deixe um comentário