Como manter os negócios de rua mesmo na ausência de eventos

3 minutos para ler

A ausência de eventos devido à pandemia de Covid-19 trouxe muitos problemas para o comércio. Um dos setores mais afetados pelo distanciamento social foi o de negócios de rua, por causa da sua dependência de pessoas circulando pela cidade no dia a dia e pela propaganda, geralmente feita no boca a boca.

A grande questão é como minimizar os prejuízos dos negócios ambulantes e continuar lucrando mesmo com a diminuição dos eventos nas cidades. Se você acha que essa é uma missão impossível, vai mudar de ideia rapidinho depois que conferir as nossas dicas.

Diminua os custos do negócio

Para continuar com uma boa margem de lucro, mesmo com menos saída de produtos, é importante renegociar os custos de produção. Isso significa, muitas vezes, trocar a matéria-prima que você utiliza por uma mais barata. Sim, ainda dá para lucrar bastante ao gastar menos para produzir e manter o preço atrativo.

Você só precisa tomar alguns cuidados com essa redução, certo? É uma prática recomendada para o momento adverso, mas se esforce para manter o patamar da sua marca usando novos materiais. Caso um cliente perceba que houve uma perda de qualidade, é provável que ele deixe de indicar o seu negócio a amigos ou familiares.

Use a internet para alavancar as vendas

Muitas pessoas têm perfis em redes sociais, e um estudo recente apontou que a pandemia fez com que os brasileiros passassem mais tempo conectados. Portanto, é uma boa pedida utilizar essas mídias que já fazem parte do dia a dia para atingir novos clientes.

Monte um perfil em alguma rede social, como Instagram ou Facebook, e faça postagens diárias de seus produtos. Peça ajuda na divulgação para amigos e familiares ou use ferramentas gratuitas como as do Instagram para dar maior visibilidade às publicações. Com o tempo, novos clientes conhecerão a sua marca e as vendas tenderão a aumentar.

Encontre novos locais para vender seus produtos

Por mais que os eventos tenham diminuído, assim como o fluxo de pessoas nas ruas, é importante procurar novos locais e espaços para continuar vendendo. Essa pandemia está mostrando para muitos empreendedores que existem mercados além dos de costume para serem explorados. Investir no e-commerce é apenas um exemplo.

Para os pequenos negócios, um ponto interessante é tentar fechar parcerias com empresas maiores, fornecendo produtos que podem agregar valor às marcas. Todos os segmentos foram afetados pela pandemia e, com o aumento dos preços, os serviços estão priorizando a qualidade, muitas vezes oferecendo brindes aos clientes.

Mantenha a comunicação com seus clientes

É essencial entrar em contato com as pessoas que compram seus produtos, pedir feedbacks e mostrar que você se importa com a opinião delas. Dar um tratamento especial aos clientes é um fator-chave para fidelizá-los. Sendo assim, crie um relacionamento próximo com eles para que pensem primeiro na sua marca quando quiserem boa comida.

Agora que você já sabe como manter os negócios de rua mesmo que os eventos não estejam acontecendo, fique de olho nos protocolos de saúde, observando sempre a higienização dos produtos para evitar a contaminação dos clientes. Isso vale também na hora de escolher a distribuidora da matéria-prima. Aqui na Nova Safra, seguimos todas as recomendações sanitárias, além de entregarmos produtos de muita qualidade.

E aí, quer driblar a crise e se dar bem nos negócios ambulantes? Então, entre em contato conosco!

Você também pode gostar

Deixe um comentário