Como abrir uma pastelaria em 6 passos

6 minutos para ler

Nas pastelarias, o foco da venda são os pasteis, mas elas podem vender outros produtos também agregados ao carro-chefe. O pastel é um dos alimentos mais encontrados em carrinhos de rua, em centros de comércio popular no país e também em todo o mundo.

Trata-se de um alimento simples, gostoso, barato e popular. É sequinho, crocante, quente e recheado. Apesar de seu elevado valor calórico, conquistou o gosto dos brasileiros e se destacou principalmente a partir da década de 60. Ao lado do caldo de cana, se tornou uma preferência nacional entre pessoas de qualquer idade, sexo e classe social.

Neste artigo, vamos mostrar um passo a passo com 6 dicas sobre como abrir uma pastelaria. Leia e aprenda a se planejar de modo eficiente.

1. Faça um planejamento

Todo negócio, seja pequeno, médio ou grande, precisa de planejamento e para oferecer os melhores resultados. Logo, é fundamental definir e registrar quais metas devem ser conquistadas.

Os objetivos precisam estar presentes logo no começo, pois assim é possível se organizar para que tudo seja encaminhado da melhor maneira possível. Montando esses cenários, fica mais fácil definir as melhores estratégias. Veja alguns pontos relevantes de um plano de negócios:

  • os mais importantes produtos e serviços;
  • o perfil dos clientes mais importantes;
  • o local em que ficará a empresa;
  • o total de capital que deverá ser investido;
  • o faturamento mensal estimado;
  • o tempo em que se espera que o valor investido retorne (payback).

2. Escolha um ponto

A escolha do ponto é muito importante. Compreender onde está o público-alvo auxiliará a estudar os principais lugares que os consumidores frequentam com assiduidade e a definir um espaço físico bem-localizado para abrir a pastelaria.

O local deve ser estratégico, contar com acesso fácil e ter um espaço para colocar os veículos. Também é preciso que seja facilmente identificado pelo consumidor tanto enquanto ele caminha a pé quanto usando veículos próprios ou transporte público. Não é recomendado considerar apenas as suas próprias preferências sem priorizar as necessidades dos clientes.

Além disso, é necessário ficar alerta aos aspectos legais e às regularizações conforme as licenças requeridas. Antes de concluir o contrato, é importante consultar a prefeitura para verificar se o negócio pode funcionar no ponto escolhido. É preciso estar ciente de quais são as restrições da prefeitura em relação aos planos da Lei de Zoneamento e do Plano Diretor da cidade.

3. Compre os equipamentos certos

Como abrir uma pastelaria sem contar com os equipamentos necessários para fazer o negócio funcionar? Para decidir quais e em qual quantidade devem ser comprados, é da máxima importância definir antes a estrutura do negócio. A pastelaria pode seguir uma temática representativa de suas ideias.

Muitas apresentam um estilo boêmio, pois muitos consumidores aliam a cerveja ao pastel. De qualquer modo, não é necessário gastar muito. O importante é usar a criatividade para desenvolver uma ornamentação que seja aconchegante para os clientes. A estrutura de um estabelecimento que comercializa pasteis se divide basicamente em:

  • cozinha;
  • balcão;
  • depósito;
  • área para os clientes comerem, se for possível.

Enfim, com a estrutura definida, você já pode decidir quais serão os equipamentos. Primeiramente, eles devem ser de boa qualidade para garantir um produto de excelência nas mãos dos clientes. Entre os mais importantes itens, estão:

  • balcão estufa;
  • freezer;
  • panelas;
  • fogão industrial;
  • copos;
  • tabuleiros;
  • embalagens;
  • facas;
  • escorredor;
  • fritadeira para pastel;
  • processadores de alimentos;
  • liquidificadores industriais;
  • espremedores industriais de frutas;
  • gaveteiros;
  • escorredores;
  • espumadeiras e viradores;
  • cortador de frios;
  • cilindro para massas;
  • batedeira industrial;
  • sistema exaustor;
  • mesas suspensas;
  • materiais descartáveis (guardanapos, filtros de papel, entre outros);
  • uniformes.

Claro que, para começar, não é fundamental adquirir todos esses materiais de uma vez só. Dependendo do porte do negócio, alguns talvez nem se façam necessários. Também existe a possibilidade de comprá-los gradualmente. Outros itens que podem ser necessários são computador, telefone, impressora, máquina de cartão e outros produtos para escritório e caixa.

4. Escolha bons fornecedores para o negócio

Outro importante ponto a considerar é a escolha de bons fornecedores, que serão responsáveis pela matéria-prima e todos os outros insumos e equipamentos necessários para abrir e manter a pastelaria. É recomendado manter os mesmos parceiros, pois a fidelização ajuda em momentos mais críticos.

Por exemplo, em algumas situações, é necessário contar com entregas emergenciais. Um bom fornecedor pode solucionar esse problema, realizando entregas até fora do horário comercial. Além disso, pode oferecer algumas vantagens nas compras, como descontos atrativos, prazos mais longos e formas de pagamento variadas.

Outro ponto que devemos realçar é a importância da boa qualidade dos insumos comprados. Se o fornecedor não apresentar bons produtos, não convém manter negócios com ele. Mais importante que o preço oferecido é o custo-benefício. Além da qualidade, o parceiro comercial deve oferecer:

  • prazos de entrega satisfatórios;
  • preços competitivos;
  • capacidade para atender às demandas de seus clientes.

5. Saiba como abrir uma pastelaria com os documentos certos

Para abrir uma pastelaria, a documentação é simples e consiste em:

  • CNPJ;
  • registro de compra dos alimentos;
  • cópias autenticadas de CPF e RG;
  • IPTU do imóvel;
  • Folha Espelho do Imposto de Renda Pessoa Física;
  • cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • alvará de funcionamento;
  • outros documentos específicos conforme a cidade.

6. Divulgue o negócio com eficiência

Para que os outros passos deem certo, a divulgação é fundamental. Os meios variam de acordo com a localização do ponto e o público. A panfletagem é uma forma tradicional que costuma dar bons resultados e não requer um investimento financeiro grande.

Outra opção é a divulgação on-line, pois o custo é baixo (ou mesmo nulo) e pode-se alcançar um número alto de consumidores. Além disso, é uma forma eficaz de interagir com as pessoas e conhecer suas opiniões.

Agora que você já sabe como abrir uma pastelaria, mãos à obra! Planeje, escolha o melhor ponto, compre os equipamentos fundamentais, selecione os melhores fornecedores e invista na divulgação. Também não espere grandes resultados da noite para o dia: é preciso ter paciência e aproveitar as oportunidades!

Conheça os produtos e as ofertas da Nova Safra. Certamente, você ficará interessado pela diversidade e pelos preços exclusivos!

Você também pode gostar

Deixe um comentário