Confira 3 alimentos fermentados para vender em seu negócio!

3 minutos para ler

Nos últimos anos, os alimentos fermentados vêm ganhando espaço na mesa das pessoas que estão sempre em busca de uma alimentação mais funcional. Comidas naturalmente fermentadas não chamam a atenção apenas pelo sabor, mas também pelos inúmeros benefícios que podem trazer para a saúde de quem os consomem. Kefir, kimchi e kombucha estão entre os mais consumidos desse grupo.

Por exemplo, o kefir, que muitas vezes é confundido com o iogurte, é um probiótico que ajuda no sistema digestivo e contém uma concentração de vitaminas e minerais. São vários os tipos de alimentos fermentados que podem ser incluídos nas receitas, ou mesmo fazerem parte do cardápio de um restaurante, atendendo as novas demandas dos consumidores.

E se você tem dúvidas sobre o assunto, abaixo, explicamos alguns dos fermentados mais procurados nos dias de hoje pelos consumidores. Confira!

1. Conservas

Os alimentos em conserva não são nenhuma novidade no mundo gastronômico, pelo contrário, surgiram há centenas de anos, justamente, com a intenção de se preservar os alimentos. Em países onde o inverno é rigoroso e a agricultura não é uma atividade que se desenvolve o ano todo, como na Rússia, as conservas de vários tipos de alimentos, como pepino e mesmo alho, são muito comuns.

Uma dica para restaurantes, por exemplo, é criar as suas próprias conservas, criando uma marca registrada nesse segmento. Hoje, os conhecidos como “picles caseiros” estão em alta e podem ser feitos com as mais variadas matérias-primas, como pepino, cenoura, rabanete e repolho. Para incrementar as receitas, dando um toque de sabor ainda mais especial, a dica é apostar nos picles de limão siciliano. 

2. Kombucha

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar da kombucha, mas não sabe exatamente do que se trata. Ela é uma bebida fermentada que também é feita há muitos anos, mas que agora caiu nas graças das pessoas que se preocupam com a funcionalidade dos alimentos.

Basicamente, pode-se defini-la como um chá fermentado, com sabor doce e propriedades ácidas. A vantagem dessa bebida é que ela contém inúmeras bactérias que ajudam no sistema imunológico, além de auxiliarem o sistema intestinal.

Então, para problemas como infecções intestinais, equilíbrio do pH sanguíneo e mesmo infecções urinárias, a kombucha traz grandes benefícios que ajudam na prevenção de todos eles. A base da kombucha é o chá preto, mas você pode inventar outras ideias, inclusive com o chá mate, para incluir no seu cardápio.

3. Kefir

Por último, não poderíamos deixar de citar um alimento que está muito em alta nos últimos tempos, que é o kefir. Essa bebida também possui bactérias importantes para a flora intestinal, melhorando os níveis de imunidade de quem as consome.

Hoje, o kefir é encontrado pronto, mas para quem prefere preparar a própria bebida, o processo não é tão difícil e é bem parecido com a produção de iogurte. Há muitas receitas onde o kefir pode ser usado, como para a produção de queijo, panna cotta e sorvete.

Viu só como existem várias possibilidades para se trabalhar com alimentos fermentados? Mas não se esqueça de que sempre é importante trabalhar com bons fornecedores e ingredientes de qualidade para garantir a satisfação dos clientes.

E se você gostou deste post sobre alimentos fermentados, aproveite para nos seguir no Facebook e no Instagram!

Você também pode gostar

Deixe um comentário