Comportamento do consumidor em padarias: como se adaptar às mudanças?

4 minutos para ler

Nos últimos anos, o comportamento do consumidor em padarias tem passado por inúmeras mudanças. Aliás, não apenas nesse ramo, mas, de maneira geral, as pessoas estão mais interessadas em saber detalhes do que estão consumindo, como a qualidade e tipo dos ingredientes e a origem do que é usado. Além disso, a internet também tem instigado ainda mais a curiosidade das pessoas, o que contribui para mudanças no comportamento de compra.

Se antigamente as pessoas costumavam ir às padarias para comprar o pão francês de todos os dias ou mesmo tomar aquele café fresco, hoje, a realidade é um pouco diferente. Inclusive, há aqueles que já nem consomem mais esse tipo de pão, seja por intolerância aos ingredientes usados na receita ou mesmo por certas convicções, como é o caso das pessoas veganas que não consomem nada que tenha origem animal.

Nesse sentido, quem trabalha no ramo da alimentação precisa se adaptar a essas novas tendências e demandas dos consumidores. E para quem tem dúvidas sobre o que fazer, abaixo, listamos algumas dicas para modernizar os serviços de uma padaria. Confira!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Esteja atento às novas demandas por certos alimentos

Hoje, sabemos que dietas veganas e vegetarianas cada vez têm mais adeptos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Não há um consenso entre os médicos sobre o que é melhor para o consumo humano, no entanto, as teorias de que não necessitamos de produtos de origem animal, como carnes, laticínios e ovos, já têm muitos seguidores.

Para quem trabalha no ramo da alimentação, é essencial perceber esse tipo de necessidade e investir no oferecimento desses produtos aos consumidores. Inclusive, trabalhar com certa variedade de alimentos ajuda a abranger um número maior de clientes.

Aposte nas versões orgânicas dos alimentos

Outra tendência muito forte nos dias de hoje é o consumo de alimentos orgânicos, ou seja, aqueles ingredientes cultivados ou mesmo feitos de uma maneira mais natural. Para quem se preocupa com a alta ingestão de agrotóxicos ou outros produtos químicos, os orgânicos são as melhores opções, apesar de serem um pouco mais caros.

Mas quanto mais esse tipo de produto se populariza entre os consumidores, mais acessível ele se tornam. Então, vale a pena investir nos orgânicos para atender os consumidores mais exigentes e a quem tem um poder aquisitivo maior.

Conecte-se às redes sociais para divulgar o negócio

Hoje, qualquer empresa que queira se manter conectada aos seus clientes ou mesmo atrair mais deles precisa ter presença nas redes sociais. Isso não significa que uma padaria, por exemplo, precisa ter perfis no Facebook, Instagram, YouTube e todas as demais redes sociais.

O ideal é definir um público-alvo e avaliar quais são as redes sociais mais adequadas para atingi-lo. Lembrando que usar essas ferramentas profissionalmente não é a mesma coisa que ter um perfil pessoal no Facebook, por exemplo. É preciso trabalhar com uma linguagem adequada, criar estratégias de comunicação e não deixar os seguidores sem respostas.

Invista em um sistema de entrega

Por último, ressaltamos também que é um diferencial contar com um serviço de entrega. As pessoas estão sempre atarefadas e, mesmo se tiverem que pagar um pouco mais para ter a comodidade de ter seus produtos entregues em casa ou no trabalho, elas não vão se importar.

Viu só como nem é preciso investir muito para conseguir ter mudanças significativas no seu negócio e atender mais consumidores? Quem trabalha com alimentos precisa estar sempre por dentro das tendências e vontades dos consumidores. Somente assim é que um negócio poderá se desenvolver.

E se você gostou deste post sobre comportamento do consumidor em padarias, aproveite para aprender mais também sobre direito do consumidor no ramo alimentício!

Você também pode gostar

Deixe um comentário