Quais tipos de nozes e castanhas ter em estoque na sua padaria?

3 minutos para ler

Populares em várias partes do mundo, as oleaginosas auxiliam a tornar qualquer receita ou ocasião mais saborosa e especial. Por serem ricas em fibras, gorduras boas, minerais e vitaminas, elas ajudam na prevenção do envelhecimento precoce e no bom funcionamento do organismo. Logo, existem diversos tipos de nozes e castanhas e é preciso levar em conta as características e o gosto de cada uma.

Se você tem uma padaria, investir nessas frutas é uma excelente opção. Isso porque, ao ter vários tipos no estoque, é possível preparar várias receitas, tanto doces quanto salgadas, que podem agradar aos mais diversos paladares, atraindo novos clientes.

Neste post, vamos apresentar alguns tipos de nozes e castanhas que você não pode deixar de ter em seu estoque. Confira!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Castanha de caju

Encontrada principalmente no Nordeste do Brasil, a castanha de caju é fonte de vitamina C, auxiliando a fortalecer o sistema imunológico e aumentando a absorção de ferro. Por conter zinco em sua composição, é essencial para prevenir casos de anemia.

A oleaginosa contém o aminoácido arginina, que alarga as artérias, diminuindo a pressão do sangue e protegendo todo o sistema cardiovascular. Outros compostos incluem sódio, fósforo, cálcio e gordura insaturada, que aumentam os níveis do bom colesterol. Pode ser usada na preparação de bolos, farofa, salada, tortas, entre outros.

Avelã

Muito consumida no período natalino, essa oleaginosa é rica em gorduras monoinsaturadas, que ajudam a combater o colesterol ruim (LDL) no sangue. Além disso, contém grandes quantidades de ômega 9, um ácido graxo que tem propriedades anti-inflamatórias, auxiliando na prevenção de câncer e melhorando a saúde cardiovascular.

A avelã também é fonte de cálcio e magnésio, os quais ajudam no crescimento e na manutenção de músculos saudáveis, sendo ideais para o consumo após o treino. A oleaginosa pode ser usada em receitas como tortas, pães, mousse, fudge etc.

Pistache

Rico em ácidos graxos, o pistache auxilia a melhorar a saúde cardiovascular, prevenindo derrame, infarto e outras complicações. Essas gorduras também são importantes para a redução do LDL e o aumento do HDL, o que melhora a qualidade de vida.

A oleaginosa também contém vitamina E e betacaroteno — e o seu consumo aumenta os níveis de antioxidantes no sangue. Outros compostos incluem magnésio, zinco, ferro e cálcio, o que ajuda a aumentar a imunidade e combater infecções e doenças. Pode ser usada em milkshakes, pudins, tortas, biscoitos, entre outros.

Amêndoas

A amêndoa apresenta um baixo índice glicêmico, sento ótima para quem apresenta uma dieta restritiva. Além disso, é considerada um superalimento, pois é possível encontrar nela minerais e vitaminas que equilibram o organismo, boas gorduras que auxiliam na saúde cardiovascular e proteínas que são importantes para as funções corporais.

Ela pode ser usada na preparação de cookies, cupcakes, muffins, biscoitos etc.

Como vimos, existem diversos tipos de nozes e castanhas que podem ser colocados no estoque da sua padaria. Assim, você pode usá-los em receitas de bolos, biscoitos, tortas e milkshakes para atrair novos clientes. Na hora de comprar, opte por um supermercado de confiança e que tenha bons produtos.

Gostou deste post e deseja adquirir oleaginosas de qualidade e com preço justo? Então, confira os nossos produtos e não deixe de experimentar!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-