5 cuidados com equipamentos de cozinha que você não pode deixar de ter

3 minutos para ler

Quase indispensável dizer que cuidar da higiene da sua cozinha é o passo primordial para evitar problemas e mostrar credibilidade para o produto final. É a linha inicial que vai assegurar um ambiente de trabalho saudável e produtivo.

Além do quesito saúde, cuidar dos equipamentos de cozinha da sua casa ou do empreendimento é, também, uma forma de economizar. Evita-se, assim, o desgaste, o mal funcionamento ou, até mesmo, que os utensílios se estraguem. Separamos 5 cuidados para você manter a sua cozinha brilhando, tanto em funcionamento quanto em limpeza. Venha conosco!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

1. Garanta uma limpeza ideal

Se você está se perguntando se existe uma limpeza ideal, a resposta é sim. Ela parte de um pressuposto bem lógico: os micro-organismos patogênicos tendem a proliferar em locais que não sejam adequadamente lavados.

Garantir uma limpeza profissional de todos os equipamentos de cozinha e utensílios auxiliares é fundamental. Deixar qualquer detalhe sem o devido cuidado pode levar a sua dedicação à limpeza à estaca zero. Fique atento!

Importante: pesquise ou guarde as orientações de limpeza dos fabricantes dos materiais. Eles terão as respostas mais exatas a partir de testes pré-estabelecidos.

2. Use água e sabão

Água e sabão neutro são os heróis da sua cozinha. Práticos e bastante acessíveis, essa combinação serve para quase tudo, sendo, muitas vezes, suficiente (lembre-se de ficar atento às recomendações especiais de certos equipamentos e utensílios). Às vezes, servem como finalização após o uso de outro tipo de lavagem. Portanto, tenha-os sempre ao seu alcance.

Outra dica importante é deixar itens da sua cozinha como facas, talheres, pratos e panelas por pelo menos 15 minutos dentro da água fervente. Isso facilita a lavagem posterior com água corrente e sabão e garante a esterilização de micro-organismos nocivos.

3. Prefira a secagem natural

Opte sempre pela secagem natural de todos os equipamentos de cozinha e dos itens acessórios. Isso previne de forma eficaz a recontaminação. Se precisar de uma secagem mais rápida, invista em panos descartáveis, que têm como característica repelir a chance de reutilização e provável nova contaminação.

4. Confira os detalhes da cozinha

Preste atenção aos detalhes do seu espaço. É estritamente importante garantir a higienização completa dos seus equipamentos de cozinha para melhor funcionamento, durabilidade e salubridade.

Isso inclui constante higienização dos objetos e do espaço físico. Por isso, não ignore a limpeza das bancadas, paredes, ralos, pisos etc. Como sempre, água e sabão estarão sempre à disposição, mas, em alguns casos, água clorada também pode ser uma opção.

5. Conheça produtos químicos e suas particularidades

Para além da água e do sabão e da desinfecção por calor, aos que procuram maior eficácia, recomendamos o uso de materiais de limpeza para cozinha recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Um desses produtos é o cloro. Bactericida e fungicida, esse material, se usado na quantidade correta, oferece ótimos resultados de limpeza e nenhuma toxicidade. Preste atenção na recomendação do fabricante desses produtos.

Agora que você já sabe tudo sobre a limpeza completa dos equipamentos de cozinha, fique atento à higiene do seu local de trabalho e/ou de lazer. Mais que um ambiente limpo e funcional, isso fará diferença no que sai do seu estabelecimento comercial.

Ficou com alguma dúvida sobre este e outros assuntos sobre a sua cozinha? Deixe um comentário neste post. Estamos prontos para auxiliar você!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário