Como escolher a massa para buffet self-service?

3 minutos para ler

O cardápio é um item de grande importância para o sucesso de um restaurante. Assim, é muito importante que o cliente conte com opções variadas, com diversos tipos de saladas, carnes e acompanhamentos.

Isso porque o local precisa estar preparado para atender os mais diversificados públicos se quiser se destacar no mercado. Uma opção que não pode faltar e que agrada muitas pessoas é a massa para buffet self-service.

As massas são pratos coringas que conquistam pelo sabor, já que podem ser preparadas de diversas maneiras, além de combinarem com muitos tipos de molhos. Por isso, se você quer conhecer quais são os principais tipos de massas e quais fazem sucesso em um buffet self-service, não perca o nosso post. Boa leitura!

Massa longa

As massas longas combinam com molhos menos espessos, como o de tomate fresco, pesto ou preparados com frutos do mar. Muitas pessoas têm dúvidas se é certo cortar a massa antes de cozinhar, mas o ideal é que o restaurante defina o que é melhor. O preparo deve ser minucioso e o ponto deve ser seguido à risca para que ela não fique dura ou mole demais.

Em geral, as massas não precisam de óleo para cozinhar e somente água e sal são suficientes para a preparação. Além disso, o ideal é cozinhar de acordo com o tempo da embalagem, o que evita erros. Esse tipo de massa pode ser servido nos dias em que o buffet preparar carnes ou frutos do mar, com bastante molho de tomate.

Massa curta

As massas curtas apresentam concavidades e curvas, absorvendo melhor molhos mais espessos, como o bechamel, o quatro queijos ou os com pedaços, como cogumelos e carnes. Por cozinharem rapidamente, é preciso ter bastante atenção quanto ao ponto. Além disso, muitas delas permitem ser recheadas. Assim, você pode servir esse tipo de massa no seu restaurante com um molho mais cremoso, feito com frango e bechamel, proporcionando um sabor agradável, já que o molho e a massa complementam os sabores.

Massa para sopa

As massas para sopas são, em geral, côncavas e pequenas, para um melhor manuseio na colher, fazendo com que o molho sempre acompanhe a massa. Elas podem ser servidas em saladas ou somente com um molho de tomate leve.

Além disso, vão muito bem com molhos à base de vegetais, como alcachofra, endívea, couve-flor e brócolis. Assim, o tipo de massa precisa ser escolhido de acordo com os ingredientes da sopa. O tipo argolinha, por exemplo, é muito usado para caldos de vegetais e carnes.

Massa de gnocchi

De tamanho médio ou pequeno e textura macia, o gnocchi é uma massa muito suave e que combina com molhos de sabor intenso para absorver o aroma dos ingredientes. Logo, o molho de tomate ou os ragus de cogumelo, carne e linguiça são excelentes opções.

Como vimos, a massa para buffet self-service precisa ser escolhida de acordo com o tipo de preparação, molho e acompanhamentos que você deseja servir. Por isso, siga as nossas dicas, teste cada uma das massas, prepare os molhos que mais combinam e escolha um dia da semana para oferecer cada uma das massas em seu restaurante. Com isso, você conquistará mais clientes que poderão contar com um prato diferente todos os dias.

Gostou deste post e quer complementar a sua leitura? Então, confira 5 dicas infalíveis de como evitar prejuízo!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-