Como usar pasta saborizante e dar um toque especial na receita

3 minutos para ler

Quem trabalha com confeitaria sabe que um dos diferenciais que chamam a atenção dos clientes está relacionado à variedade de produtos oferecidos. É importante ter um cardápio com diferentes sabores de bolos, trufas e bombons, por exemplo. O profissional confeiteiro precisa saber como usar pasta saborizante para valorizar suas criações.

Como o próprio nome diz, a pasta saborizante nada mais é do que um produto que serve para adicionar sabor aos mais diferentes tipos de preparos.

Se você ainda tem dúvidas sobre como usar a pasta para valorizar suas receitas, explicamos neste post como ela funciona!

O que é a pasta saborizante?

Tanto a essência quanto a pasta saborizante são produtos sintéticos, ou seja, produzidos artificialmente. No caso da pasta, o sabor é bem parecido com a versão natural do produto, com a diferença de ter um preço mais em conta – levando em consideração o seu rendimento.

A pasta pode ser encontrada em diferentes sabores, tais como chocolate, avelã, morango, limão siciliano, maracujá e baunilha, por exemplo. Em geral, um mesmo produto pode ser usado em diferentes preparos, de bolos a sorvetes. Somente é preciso ter cuidado com a proporção para não comprometer o sabor da receita.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Além da facilidade com que pode ser usada, a pasta saborizante tem um ótimo rendimento, ou seja, excelente custo-benefício para o negócio.

Em quais receitas usar?

Já deu para entender até aqui que a pasta saborizante é um ingrediente versátil e que não pode faltar na sua cozinha. Mas, afinal, como incluí-la na prática nas receitas? O uso do produto é bem fácil e, praticamente, você somente precisará usar a criatividade para incrementar seus preparos.

De forma geral, a pasta é indicada para esses principais preparos de uma confeitaria:

  • massas de bolo;
  • recheios;
  • brigadeiros;
  • ganaches;
  • coberturas;
  • mousses;
  • cheesecakes;
  • coberturas com cream cheese;
  • pudim;
  • sorvetes e gelatos;
  • macarons;
  • brownies;
  • geleias;
  • merengues.

Essa lista de receitas mostra apenas algumas das possibilidades, mas você pode e deve incrementar o seu cardápio com criações originais e diferentes também. Por exemplo, o clássico brigadeiro pode ganhar uma versão de morango apenas substituindo o chocolate ao leite tradicional por chocolate branco com pasta saborizante.

Quais os cuidados?

Claro que apesar da versatilidade da pasta, é preciso também tomar certos cuidados para não comprometer as receitas. Por exemplo, se a massa do bolo já tiver um sabor intenso, procure criar um recheio suave, como baunilha, por exemplo.

A mesma dica vale para a quantidade de produto que será usada, pois não é preciso exagerar para que o sabor se destaque na receita. Por exemplo, uma receita de brigadeiro de morango com 1 lata de leite condensado, 200ml de creme de leite e 100 gramas de chocolate branco precisa de apenas 2 colheres (sopa) de pasta saborizante da fruta.

Claro que você pode testar e aumentar ou diminuir a quantidade da pasta, mas em geral não é preciso adicionar muito produto. Além do sabor, a pasta também ajuda na textura e confere uma cor linda aos preparos. Não tem como não usar!

E para você continuar a aprender sobre como usar pasta saborizante, aproveite para conferir as bases saborizantes que estão disponíveis na nossa loja online!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-