Veja como estabelecer o preço do ovo de Páscoa e manter competitividade

4 minutos para ler

A Páscoa é uma das épocas mais gostosas do ano, especialmente para as vendas. Se você já sabe qual será sua produção para a data, mas tem dúvidas sobre como estabelecer o preço do ovo de páscoa, mantendo competitividade do mercado, então você chegou ao lugar certo! Identificamos todos os passos que você precisa seguir para calcular quanto cobrar por cada ovo de Páscoa e garantir bons lucros. Continue a leitura e descubra!

Anote todos os gastos com materiais

Antes de iniciar a sua produção, é importante organizar a parte financeira. Comece fazendo um pequeno balancete, usando um caderno ou mesmo uma planilha de Excel, por exemplo, onde você deve anotar todos os gastos envolvidos para fazer os chocolates.

Anote os ingredientes necessários para a receita, o gasto com as embalagens e todo o valor de materiais usados para a produção, como formas, espátulas, etc.

À esses valores, acrescente 10%, assim você cobrirá os gastos com água, gás e energia. Divida esse custo pelo número de ovos de Páscoa que serão produzidos e você terá o custo unitário. Se o valor total deu R$100 e se você produzir 10 ovos com esse valor, o custo por cada ovo é de R$10. Ótimo! Agora é hora de cobrar pelo seu trabalho.

Estabeleça o valor da sua hora de trabalho

Para saber o valor da sua hora de trabalho, ou hora técnica, pense em quanto você gostaria de faturar por mês. Digamos que você queira ganhar, por exemplo, R$3.000. Se você produzir ovos em tempo integral (8 horas por dia), divida o faturamento mensal pelo total de horas trabalhadas no mês, ou seja, 220.

Assim, no nosso exemplo, o valor da hora técnica seria de R$13,60. Você pode estabelecer a sua hora de acordo com o seu custo de vida, pense nos seus gastos mensais e calcule o quanto seria um bom rendimento mensal para você.

Estipule o tempo de preparo de cada ovo

Agora é preciso entender quanto tempo você usa para produzir cada ovo. Considere o tempo gasto nas compras, a limpeza da cozinha e o modelo das embalagens. Digamos que você percebeu que precisa de 4 horas, ou 240 minutos, para produzir 6 ovos. Ou seja, cada ovo levou 40 minutos (240 dividido por 6) para ficar pronto.

Considerando a hora técnica citada no exemplo anterior, de R$13,60, cada minuto de trabalho custa R$0,22, que é a hora técnica dividida por 60 minutos. Agora que você já sabe o valor do seu minuto, multiplique pelos minutos gastos na produção de um ovo, ou seja, cada ovo rende uma hora técnica de R$ 8,80.

Verifique os gastos extras

Além dos cálculos que fizemos, você deve pensar se há outros valores a considerar. Por exemplo, se você vai vender online, qual o custo da entrega? Você vai vender usando alguma máquina de pagamento? Se esses casos se aplicam a você, inclua esses valores no cálculo final de venda para não ter prejuízo em vez de lucro.

Calcule o preço do ovo de Páscoa

A forma mais simples de chegar ao valor mínimo de cada ovo é somar o custo com a hora técnica gasta em cada unidade. Seguindo os nossos números, o valor mínimo para venda será de R$18,80, porém, é preciso considerar se você tiver gastos extras. Digamos, por exemplo, que você vai entregar pessoalmente e terá um gasto com transporte de R$ 8,60. Neste caso, o preço do ovo deverá ser de pelo menos R$ 27,40.

Muitas pessoas esquecem esses custos e acabam tendo prejuízo em suas vendas. Seguindo os passos que indicamos neste artigo, você não tem como errar no preço dos seus produtos. Lembre-se também de analisar se ele é competitivo e pense em como se diferenciar da concorrência, afinal, existem muitas opções de ovos de páscoa no mercado.

Uma das formas de tornar o preço do ovo de Páscoa mais atraente, é investir em produtos de qualidade com um bom custo-benefício. E nós podemos ajudar com uma seleção especial de produtos para Páscoa. Então, não perca tempo e acesse agora mesmo nosso site.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-