Está pronto para a demanda sem glúten e sem lactose?

4 minutos para ler

Por motivos de saúde ou mesmo por reeducação alimentar, cada vez mais, cresce o número de pessoas que preferem alimentos sem glúten e/ou sem lactose. Ou seja, a indústria alimentícia, assim como restaurantes e confeitarias, por exemplo, precisa estar atenta a essa nova demanda dos consumidores, oferecendo opções que possam suprir essas necessidades.

Apesar de significarem restrições, é possível fazer receitas deliciosas e criativas sem usar ingredientes que contenham glúten ou lactose. Tortas, brownies, biscoitos, suflês e, até mesmo, doces tradicionais como o brigadeiro podem ser funcionais, atendendo as mais variadas dietas. Basta saber escolher os ingredientes mais adequados para garantir o sabor e também a textura certa das receitas.

E para você que ainda tem dúvidas sobre como preparar doces sem glúten e sem lactose, listamos algumas dicas que são úteis para a adaptação das receitas. Confira!

O que evitar nas receitas?

O glúten nada mais é do que certas proteínas que se encontram em muitos cereais que fazem parte do dia a dia dos brasileiros, como o malte, aveia, trigo e cevada, por exemplo. Com isso, ele é comumente consumido por meio dos pães, bolos, biscoitos e massas em geral.

Já a lactose é um tipo de açúcar presente no leite produzido por mamíferos e, consequentemente, pode ser encontrada não apenas na bebida, mas também nos seus derivados, como o queijo.

Dessa forma, pessoas que não podem ou não querem consumir essas duas substâncias evitam ingredientes considerados básicos em muitas receitas de confeitaria. Nesse sentido, o profissional deve prestar atenção nesses detalhes e pensar em como substituir matérias-primas tradicionais por diferentes opções.

Como fazer substituições?

Para trocar o tradicional leite de vaca das receitas, experimente os mais variados tipos de leites vegetais, como o de amêndoas, castanhas, coco e avelã. Cada um deles tem um sabor diferente e não é neutro como a versão de vaca. No entanto, conhecendo bem cada produto, será mais fácil identificar qual é o melhor para cada receita.

Quanto à farinha de trigo, produto proibido entre os intolerantes ao glúten, a dica é investir nas farinhas de arroz, amêndoa, macadâmia, linhaça e chia. Todas elas são ricas em valores nutricionais e substituem muito bem a versão clássica de trigo, em bolos, quiches e tortas.

Quais receitas fazer?

Agora, você já conhece alguns ingredientes-chave para elaborar receitas sem glúten e lactose e o próximo passo é colocar a mão na massa! Por exemplo, o clássico brigadeiro pode ser feito com leite condensado de soja e cacau em pó, sem o risco de conter leite de vaca na receita.

Já as massas de bolos ficam deliciosas e fofinhas mesmo quando são feitas com farinhas sem glúten, leite vegetal e óleo de coco. Experimente também trufas sem glúten e lactose, feitas com chocolate meio amargo sem glúten, leite vegetal, margarina sem leite e cacau em pó.

E lembre-se de que, apesar da substituição de ingredientes, é preciso também prezar pelo sabor das receitas. Mas isso não significa, necessariamente, que a elaboração das receitas será mais cara por conta dos novos ingredientes. Pelo contrário, hoje, os produtos funcionais ganham cada vez mais espaços nas prateleiras dos supermercados e outras lojas, resultando em preços melhores.

E se você gostou deste post sobre confeitaria sem glúten e lactose, aproveite para assinar nossa newsletter e receber em primeira mão todos os posts novos!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário