O que é gelateria? Descubra por que esse é um bom negócio!

6 minutos para ler

Para quem não sabe o que é gelateria ou acredita que essa é só uma palavra italiana para “sorveteria”, esse é um empreendimento caracterizado pela especialização e venda de gelatos — uma sobremesa da mesma “família” do sorvete, que é cremosa, feita a partir de diversos sabores e consumida resfriada.

Abrir um negócio no ramo da alimentação é sempre uma boa ideia. Os gelatos, então, são uma alternativa para quem quer inovar, bem como oferecer produtos inovadores e requintados, uma vez que utiliza ingredientes de qualidade em sua fabricação e apresenta um sabor diferente do tradicional sorvete que é encontrado facilmente em qualquer cidade.

Ele tem uma ótima busca em qualquer época, mas é apreciado especialmente durante o verão por crianças e adultos. Ficou curioso para saber mais? Continue a leitura para conferir!

Qual a diferença entre gelato e sorvete?

Apesar de ambos os alimentos terem características semelhantes (como serem vendidos bem gelados e saborizados, além da alta procura por eles no verão), engana-se quem pensa que só o que muda é o nome ou que a palavra “gelato” é uma tradução em italiano para “sorvete”. Entenda mais a seguir!

Origem

O gelato pode até ser considerado da mesma “família” do sorvete, contudo, ele se difere bastante desse alimento por conta de diversas características, mas, principalmente, por sua origem.

Enquanto o gelato leva esse nome devido à sua nacionalidade italiana e origem em Toscana, o sorvete é um alimento com registros muito antigos, sendo os primeiros feitos pelos chineses ao combinar frutas com mel.

Sabores

Os sorvetes industrializados costumam ser alimentos mais artificiais, feitos com adição de aromatizantes e saborizantes. Já os gelatos verdadeiros são produzidos a partir de insumos naturais de frutas, sem a adição de produtos químicos.

Isso tudo faz com que ele seja mais saudável e também que tenha uma duração reduzida, tornando-o único. Seus sabores mais tradicionais são: chocolate, avelã, flocos, pistache e frutas.

Quantidade de açúcar

É inegável que o açúcar adicionado na mistura é essencial para garantir a textura cremosa e aerada que conhecemos e amamos. No entanto, o gelato italiano é fabricado com uma quantidade reduzida desse ingrediente.

Na produção costuma ser utilizada uma porção de açúcar suficiente apenas para atingir a textura ideal e realçar o gosto das frutas e outros ingredientes. Em comparação ao sorvete, estima-se que o gelato apresenta um teor de açúcar menor em 16%. Mas é claro que isso se modifica com a cada opção de sabor.

Adição de gordura

Assim como a questão do açúcar, o gelato também ostenta um teor menor de gordura em relação aos sorvetes comuns. O primeiro costuma ser produzido com leite, creme de leite, açúcar e pasta natural do sabor escolhido. Já o segundo é fabricado, basicamente, a partir de leite, açúcar, aromatizantes, gordura vegetal e ovo em pó.

Temperatura

Outra diferença está nas temperaturas mais baixas nas quais o gelato precisa ser mantido para manter sua textura cremosa. Isso acontece devido à pequena quantidade de ar que ele apresenta e à durabilidade reduzida. Se conservado em um clima mais ameno ele pode acabar se desfazendo.

Como é a fabricação desse produto?

Para garantir a textura cremosa, o sabor sem igual e um resultado incrível, a produção do gelato deve seguir corretamente a ordem da preparação, além de utilizar equipamentos adequados para esse fim. Confira!

Escolha e mistura

Para atingir os objetivos de um gelato sem igual, a fabricação deve se iniciar pela escolha de ingredientes adequados e de qualidade para garantir uma sobremesa impecável. A partir disso, é feita a mistura da base líquida. São misturados em um recipiente o leite, creme e açúcar, para só em seguida adicionar a pasta de sabor natural.

Homogeneização

Após adicionar todos os ingredientes da base líquida, a próxima etapa é bater a mistura em um mixer potente e apropriado até que ela fique bem homogeneizada e comece a emulsionar.

Pasteurização

Quando a base já estiver homogênea e cremosa, ela é transferida para a máquina de fazer gelato. Nela, a mistura passa por alguns processos para que saia pronta para o congelamento.

A máquina fica responsável por bater o gelato enquanto o resfria gradualmente. Nesse processo também é incorporado ar à massa para que ela fique bastante cremosa e com a textura característica que conhecemos, sendo que alguns equipamentos permitem o controle da consistência.

Ultracongelamento

Assim que a máquina de gelato finaliza o processo, a massa começa a sair direto para uma cuba resfriada para que não sofra um choque térmico. Agora, ela está pronta para receber a finalização, isto é, a adição de pedaços de frutas, nozes ou caldas.

Só então o gelato passa por uma técnica de ultracongelamento, que ocorre rapidamente para que ele não perca sua estrutura quando exposto na vitrine para ser servido. Porém, esse processo muitas vezes pode estar incluso no trabalho da máquina.

Por que abrir uma gelateria é um bom negócio?

A produção e consumo de sorvetes é algo que já se tornou bastante comum. Encontramos sorveterias praticamente em todos os lugares que vamos, sendo que elas sempre têm um bom público, que vai desde pessoas mais jovens até as mais velhas.

Sendo assim, abrir uma gelateria é uma ótima alternativa para inovar, uma vez que deve apresentar a esse mesmo público uma opção diferente desse produto tão consumido, despertando, assim, a curiosidade.

Além disso, há uma tendência no mercado que favorece o consumo de produtos artesanais e que apresentam diferenciais como o gelato. Dessa forma, ele também tende a atrair pessoas de maior poder aquisitivo e mesmo aquelas que buscam ter uma alimentação um pouco mais saudável.

Agora que você já sabe mais detalhadamente o que é gelateria pode entender os motivos para investir em uma. Ficou interessado? Então, para ter sucesso não se esqueça de apostar em um bom ponto comercial para o seu negócio, utilizar equipamentos de qualidade, buscar bons fornecedores e se preocupar com a identidade visual da sua empresa.

Achou interessante conhecer um pouco mais sobre os benefícios desse negócio? Então, aproveite também para conferir como abrir uma gelateria e realizar seu sonho!

 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-