Quando o assunto é a manutenção de um restaurante, muitos pontos devem ser avaliados. Os cuidados com o ambiente, o fluxo de caixa e as contratações dos funcionários são apenas alguns deles.

Embora não seja muito comentada, a iluminação para restaurantes é outro ponto que faz toda diferença, pois é um dos principais responsáveis por promover um lugar ainda mais gostoso e aconchegante.

Para entender melhor que atitudes tomar para garantir o sucesso do seu empreendimento nesse sentido, então não deixe de ler o post de hoje até o final. Vamos lá?

1. Considere a influência das cores

As cores influenciam diretamente na iluminação para restaurantes. Se você não acredite, pense por alguns segundos como um ambiente com paredes escuras precisa mais de luz que aqueles com paredes claras. Assim fica mais fácil perceber como faz sentido, certo?

Por isso, gaste algum tempo escolhendo a cor certa que precisa para garantir a harmonia que você quer. E tem mais: esteja atento que isso vai refletir diretamente na sua conta de luz no final do mês!

2. Escolha o tipo de iluminação certo

Engana-se quem pensa que existe apenas um tipo de iluminação para restaurantes. As opções são bem diferenciadas e é muito importante que ela seja feita considerando o estilo e objetivo do empreendimento.

Se estamos falando de um fast food, por exemplo, então o ideal é que o ambiente seja mais rápido, pois o foco é a praticidade. Por outro lado, se o restaurante é para um jantar ou tempo mais demorado, então vale mais a pena investir em algo mais aconchegante — e com iluminação mais trabalhada.

Caso esse seja o seu caso, não deixe de contar com a ajuda de um projeto mais elaborado. Assim você faz com que o cliente permaneça mais tempo no lugar (e acabe consumindo mais).

3. Aposte no uso de lâmpadas LED

A iluminação em LED é famosa por oferecer muita economia de energia, um ponto que parece despretensioso, mas ajuda muito. Então não deixe de ponderar sobre essa possibilidade. Embora ele represente um pouco mais de gasto em um primeiro momento, já que essas lâmpadas têm um preço mais alto, é bom sempre focar na economia que traz com o passar do tempo.

Se o seu estabelecimento ainda tem uma pegada mais descontraída, então essa pode ser uma dica excelente de iluminação para restaurantes. Além disso, esse tipo de luz pode cair muito bem em balcões de bares e outros lugares que você queira dar destaque.

4. Explore as opções de contraste

Para fechar, lembre-se que os ambientes que contam com baixo contraste acabam não criando estímulos para que você se sinta bem — o que é péssimo quando o assunto é reter as pessoas no seu estabelecimento. Isso acontece porque a iluminação faz falta e sem ela seu espaço é comum como qualquer outro.

Por isso, se quiser garantir uma boa iluminação para restaurantes, então invista nos contrastes. As diferentes intensidades de luz fazem com que o local seja mais aconchegante e o ambiente mais amigável.

Agora que você percebe melhor como a iluminação para restaurantes pode fazer toda diferença, não deixe de investir nesses pontos que fazem toda diferença. Você vai se surpreender como seus clientes valorizam isso! Por mais que muitos deles não entendam sobre o assunto, percebem que o espaço fica bem mais agradável.

Para se informar ainda mais sobre como alavancar seu restaurante, veja nossas dicas de marketing que podem bombar o seu negócio! Nos vemos por lá!