Quem sonha em abrir um restaurante sabe que é preciso pensar em uma série de detalhes antes de colocar o negócio em prática. A comida, decoração, tamanho do ambiente, quantidade de funcionários e tipo de serviço, como à la carte e self service, são definições que precisam acontecer logo no início do projeto.

Claro que o essencial é definir qual o estilo de culinária será servido, afinal de contas, a boa comida será o grande chamariz para o seu restaurante. No entanto, um bom serviço, que esteja de acordo com o perfil de cliente que frequentará o espaço, também será crucial para o sucesso ou não do ambiente.

Escolher qual é o melhor serviço para o seu restaurante, realmente, não é nada fácil antes de colocar o plano em prática. Mas alguns indicativos poderão te ajudar a tomar a melhor decisão, que agradará seus clientes e também será funcional para o dia a dia do empreendimento. Confira as diferenças do à la carte e self service e mais dicas logo abaixo!

A la carte e self service: as principais diferenças

O serviço à la carte é aquele em que o cliente escolhe o que vai comer em um cardápio, tendo o seu prato feito na hora pelo chef do estabelecimento. A principal característica desse tipo de restaurante é que ele oferece pratos pré-definidos, geralmente classificados entre entradas, pratos principais, acompanhamentos e sobremesas.

Já os restaurantes self service são aqueles que disponibilizam uma variedade de pratos, quentes e frios, em uma pista em que o próprio cliente pode se servir. Ou seja, ele tem a liberdade de comer o que quiser, de acordo com os pratos do dia.

Por que escolher serviço à la carte

Um ponto positivo quanto ao serviço à la carte está relacionado à organização do restaurante. Trabalhando com um cardápio será possível saber exatamente quais matérias-primas comprar e a quantidade, evitando desperdícios.

Mesmo com essa vantagem é preciso que o gestor do restaurante esteja sempre preparado para atender a demanda, pois alguns pratos podem sair mais do que outros e cada dia pode ser diferente, no que diz respeito à quantidade de clientes.

Vantagens do self service

Esse tipo de serviço traz liberdade ao cliente, pois ele pode escolher entre uma variedade de opções e combinações, de acordo com o seu paladar. Às vezes, as opções de um cardápio são muito limitadas, então, para quem gosta de pratos diferentes, o self service é uma boa pedida.

Nessa situação, é importante estar atento ao desperdício, pois, como as pistas de comida precisam estar o tempo todo abastecidas, é comum chegar ao final do expediente com uma grande quantidade de comida pronta — e que não poderá ser utilizada no dia seguinte.

O melhor serviço

Investir no ramo alimentício é sempre um bom negócio, mas é preciso definir bem o público que você quer atingir para traçar as estratégias certas. Se você considera trabalhar com o sistema à la carte, saiba que é preciso estar sempre atento aos insumos que serão utilizados para a preparação de todos os pratos do cardápio. Mas é claro que com planejamento, essa é uma excelente opção justamente por limitar o que é comercializado.

Já quem pensa em aderir ao self service, lembre-se de que a quantidade de comida feita diariamente tende a ser maior, então, é indispensável ter um controle de produção e definição estratégica do horário de funcionamento do restaurante. Além disso, ter criatividade é essencial para que os clientes não tenham a sensação de que os pratos são os mesmos todos os dias.

E você, já conhecia todas essas informações sobre serviços a la carte e self service? Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais para continuar acompanhando as novidades e conteúdos exclusivos!