No ramo da culinária, o mercado oferece uma incrível variedade de óleos e gorduras que podem ser usados nos mais variados preparos de alimentos. No entanto, quem não conhece muito bem as diferenças entre cada tipo de produto poderá ter dúvidas na hora de escolher qual é o mais adequado para a receita que precisa fazer.

Nesse sentido, óleo de algodão e gordura hidrogenada são duas opções que servem para preparações específicas. Para cozinhar pratos que serão fritos usando a técnica de imersão, por exemplo, o óleo de algodão é uma ótima escolha, pois suporta altas temperaturas e não interfere no sabor dos alimentos. Já a gordura hidrogenada é mais indicada para receitas como tortas, empadas, pastéis de forno, entre outras, que precisam de uma massa mais saborosa.

E você? Tem dúvidas sobre como usar esses dois ingredientes? Pois não se preocupe! No post de hoje, reunimos informações essenciais sobre cada um deles para você aprender como aproveitar seus potenciais da melhor maneira no seu dia a dia. Acompanhe a leitura e saiba mais!

Para que serve a gordura hidrogenada?

A gordura hidrogenada é muito usada, principalmente, pela indústria alimentícia. Ela é obtida a partir do processo de hidrogenação artificial e serve para fritar alimentos. Além disso, é bem comum a encontrarmos na composição de produtos como biscoitos e sorvetes.

Entre suas vantagens, podemos destacar que funciona muito bem para o preparo de frituras, já que mesmo com as altas temperaturas, ela mantém suas propriedades e não deixa resíduos no alimento, ou seja, você não sentirá o gosto de óleo mesmo quando fizer frituras. Algumas receitas que também ficam muito boas com essa gordura são empanadas, empadas e, até mesmo, glacês para bolos.

Quais são as indicações para o óleo de algodão?

O óleo de algodão é outro produto que vem sendo muito utilizado nas cozinhas por conta de sua versatilidade e pela sua capacidade de manter suas propriedades nutricionais mesmo quando aquecido. Assim como a gordura hidrogenada, ele também resiste às altas temperaturas e é bastante indicado para a preparação de pratos fritos.

Além disso, você pode substituir outros tipos de óleos vegetais, como de soja e de canola, pelo de algodão, para preparar molhos, temperos para saladas, marinadas e maioneses, por exemplo.

O que considerar no preparo das receitas com óleo de algodão e gordura hidrogenada?

Cada tipo de receite necessita de um tipo específico de óleo e tudo isso vai depender do preparo do prato, que pode ser frito, cozido, assado ou, às vezes, nem precisa ser levado ao fogo. Justamente por isso é interessante saber quais são as diferenças básicas entre os tipos de óleos e gorduras para usar o mais adequado.

Outra dica é ter atenção com o quesito frequência, para não fazer o reaproveitamento inadequado de várias frituras seguidas, e saber usar esses ingredientes com moderação, por conta de suas composições. O segredo para não errar na cozinha é saber quais tipos de óleos funcionam melhor para cada receita, equilibrando a quantidade no seu dia a dia.

E você, já conhecia essas informações sobre o uso de óleo de algodão e gordura hidrogenada? Aproveite para conhecer a loja Nova Safra, onde você encontra tudo o que precisa para preparar as suas receitas!

banner-6