Como escolher presunto para seus produtos? Entenda aqui

3 minutos para ler

O presunto é um dos embutidos mais procurados pelos brasileiros devido ao seu sabor único e praticidade de consumo. Apesar da grande aceitação, saber como escolher presunto para seus produtos é uma etapa essencial da produção.

Ela deve ser feita de maneira cuidadosa, de acordo com cada receita e resultado que deseja para o prato. Tem curiosidade em entender um pouco mais sobre o assunto? Acompanhe a leitura para conferir!

Quais são os principais tipos de presunto e suas indicações?

Apesar de muitos não saberem, existem algumas variações de presuntos dentro do mercado. Cada uma se diferencia na origem e na maneira como é fabricada. Entenda mais a seguir!

Presunto ibérico

Também conhecido como jamón ibérico, tem uma série de características que o fazem único e de qualidade elevada. Ele é feito a partir de um tipo específico de porco, o ibérico da pata preta. Os suínos são de origem espanhola, criados soltos e engordados com alimentos específicos, como as bolotas e ervas. Assim, a carne fica com um sabor diferenciado.

Presunto serrano

O presunto serrano ou jamón serrano é semelhante ao ibérico porque também é de origem espanhola. No entanto, nessa variação o porco é branco, criado em zonas montanhosas e alimentado com cereais que deixam a carne com um sabor mais leve.

Presunto cozido

presunto cozido é facilmente encontrado em supermercados e é muito utilizado na cozinha dos brasileiros. Ele é feito com a carne da pata traseira do leitão defumada, salgada e temperada.

Parma

O presunto de Parma é uma variação italiana é vendida crua e é feita a partir do pernil inteiro (exceto as patas) de porcos com peso mínimo de 130 quilos. Durante o processo, a carne é deixada secando e salgando por aproximadamente 10 meses.

Qual é a diferença entre presunto e apresuntado?

Diferentemente do presunto, o apresuntado é feito com a carne do pernil e da pata dianteira. Além disso, seu teor de gordura é maior e a quantidade de carne reduzida. Portanto, o apresuntado tem um valor baixo, mas é um frio de qualidade inferior em comparação aos demais tipos.

Qual dos presuntos tem melhor custo-benefício?

Tudo depende da utilização. Por exemplo: para receitas de qualidade superior o presunto parma e os jamóns são ideais. Como apresentam valores altos, são indicados para compor pratos mais requintados ao estilo gourmet.

Agora, se for usar o produto em salgados e outras preparações mais simples, a opção mais viável é o presunto comum. Ele é fácil de encontrar, tem melhor qualidade que o apresuntado e apresenta um preço mais acessível que os demais. Isso faz com que seja o ingrediente com melhor custo-benefício.

Como escolher presunto?

O ideal é que a composição do alimento leve apenas a carne do porco, sem misturas com outros tipos. Além disso, é bom estar atento à quantidade de sal — quanto menos, melhor! Quando desejar uma alternativa de qualidade superior, como o presunto parma, opte por uma marca sem conservantes.

Agora você sabe como escolher presunto para os seus produtos e pode colocar seu conhecimento em prática. Dentro do setor alimentício, é indispensável ter cuidado com a seleção dos ingredientes entre diversos tipos. Só assim é possível garantir a qualidade dos alimentos, a satisfação do cliente e o sucesso definitivo do seu negócio.

Gostou de saber um pouco mais sobre a escolha do presunto? Venha conferir também como precificar seus produtos e salgados com segurança!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-