O sucesso de uma empresa não depende apenas do faturamento que ela consegue atingir mensalmente. Bons gestores pensam também em longo e médio prazo, por isso estão preocupados com a eficiência na economia de matéria-prima e em como reduzir as contas, por exemplo.

Quanto ao uso de recursos naturais e energéticos, cada vez mais a preocupação tem sido de toda a sociedade e não apenas de setores específicos. Afinal de contas, as fontes naturais são esgotáveis e o seu uso indiscriminado pode trazer enormes consequências para a humanidade que depende do que a natureza oferece.

Nesse sentido, trazemos algumas dicas para reduzir as contas de água e energia da empresa. Além da gestão de orçamento, é um tópico importante para as empresas conscientes. Confira!

1. Aposte em equipamentos eficientes

Assim como fazemos em casa, é interessante adquirir para a empresa equipamentos eficientes, com baixo consumo de energia. Eletrônicos muito antigos costumam consumir muito mais, gerando um custo maior na fatura. Então, se possível, garanta que todos os aparelhos sejam novos e preocupe-se em manter a manutenção de todos eles em dia.

2. Utilize luz natural quando possível

Em um escritório, cerca de 50% da energia consumida é em iluminação, ou seja, se quiser economizar, terá que cuidar desse ponto. Uma dica interessante é pintar os ambientes com cores claras para que a luz fique bem refletida e espalhada.

Aproveite também a luz solar, que é gratuita e, muitas vezes, evita que as luzes artificiais sejam utilizadas o tempo todo. Invista em janelas amplas e disponha os computadores próximos a elas, assim, será mais fácil usar essa iluminação.

3. Desligue os aparelhos eletrônicos

Computadores, impressoras, televisores, micro-ondas e quaisquer outros eletrônicos que são deixados em modo stand by também consomem energia. Crie uma regra na empresa para que quando esses aparelhos não estiverem em uso, sejam desligados. Pode parecer bobagem, mas essa medida pode resultar em uma economia significativa na conta da empresa.

4. Evite vazamentos e infiltrações

Qualquer sinal de vazamento e/ou infiltração precisa ser imediatamente solucionado. Afinal, uma simples torneira pingando significa o desperdício de até 16 mil litros de água em um ano, por exemplo. Já uma infiltração na tubulação pode gastar até 3.200 litros de água a mais todos os dias. Tudo isso sem contar os prejuízos que poderão acarretar também na estrutura da empresa.

5. Cuide da fiação elétrica

Instalações elétricas com problemas como sobrecarga, curto-circuito e fuga de energia também podem resultar em aumento no valor da conta mensal. Além disso, a falta de manutenção pode danificar equipamentos da empresa, como computadores e refrigeradores, causando prejuízos inesperados.

6. Reaproveite a água das chuvas

Não é preciso um grande investimento para se construir coletores de água da chuva, que pode ser usada para limpar a empresa, regar o jardim e até mesmo nas descargas sanitárias. A adoção dessa medida poderá significar uma economia de até 50% no valor da conta mensal. Vale a pena pensar nessa solução!

7. Capacite seus funcionários

Um bom gestor não está preocupado apenas com a quantidade de funcionários na empresa, mas também na capacitação de cada um deles para que sejam mais eficientes e estejam satisfeitos com seus trabalhos. É importante que os colaboradores também sejam conscientizados a respeito da importância de se economizar água e energia elétrica, o que pode ser feito com palestras, reuniões, cartazes informativos e dinâmicas, por exemplo.

E você, gostou das ideias para reduzir as contas de água e energia da empresa? Aproveite para deixar seu comentário, além de dicas e sugestões para os próximos posts!

banner-4