Para os amantes de queijo, uma das sensações mais prazerosas é abocanhar um belo pedaço de pizza cheio de mussarela derretida e elástica, não é? Quando a iguaria já está em nossas bocas, raramente nos damos conta dos cuidados e as técnicas que foram utilizados na hora de escolher a mussarela. No entanto, esse é um processo extremamente importante.

Suave, macio e levemente salgado, o queijo mussarela — um dos mais usados nas pizzarias e restaurantes — também é um dos queijos mais amados pelos brasileiros. Por isso, se você vai lidar com esse alimento no seu estabelecimento, precisa saber exatamente como decidir pelo melhor.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para lhe ajudar nessa missão! Continue lendo e saiba como escolher mussarela:

Mais do que escolher mussarela: entenda o processo de produção

Antes de entendermos como escolher o melhor tipo de mussarela, é importante conhecer um pouco do processo de produção desse queijo. Isso porque a maneira como ele é feito interfere, por exemplo, no seu modo de conservação.

Queijo originalmente Italiano, a mussarela é produzida tanto com leite de búfala quanto com leite de vaca — como é o mais comum no Brasil. Normalmente, sua produção é feita com leite cru. Além disso, ela é consumida fresca, com pouca ou nenhuma pasteurização.

Por ser um queijo mais firme e seco, a mussarela apresenta alguns diferenciais, como o seu prazo de validade — que costuma ser maior do que de outros queijos mais úmidos, como o frescal. Além disso, o preparo da mussarela garante diferenciais em seu sabor e textura, tornando-a consistente, muito elástica e fácil de dourar.

Embalagem e aparência: atenção aos detalhes

Na hora de escolher mussarela, alguns aspectos devem ser levados em conta antes mesmo da compra ser efetuada.

Observe o local cujo o queijo está armazenado: a mussarela precisa ser conservada em local com temperatura menor do que 12º C. Preste atenção na embalagem também, que não deve estar danificada, rasgada nem com gotículas de água dentro. Observe ainda o aspecto e odor do queijo: ambos não devem estar diferentes do usual.

Outra coisa importante de se atentar é no prazo de validade. Isso porque não basta verificar se o produto não está vencido, é preciso calcular em quanto tempo toda a quantidade vai ser usada.

No caso da compra de grandes quantidades de queijo — que é o mais comum para estabelecimentos — o mais normal é adquirir grandes peças por meio da internet, onde os preços podem ser melhores. Nessa situação, como não é possível ter contato prévio com o produto, opte por uma empresa séria e confiável.

Conservação e validade: cuidados na pós-compra

Quando a mussarela já está na dispensa, ainda é necessário observar outras questões. As peças de queijo já vêm com a validade do produto, no entanto, essa data só vale para a embalagem fechada. Depois de aberta, o recomendado é que a mussarela seja consumida em até três dias, e mantida refrigerada.

Quanto a isso, uma dica interessante é retirar a parte que será consumida e guardar o restante no congelador. Antes, contudo, separe o que sobrou em porções, embale cada uma separadamente, de forma vedada, e coloque etiquetas com o prazo de validade. Assim você consegue controlar por quanto tempo ainda pode guardá-las e consumi-las.

Enfim, como vimos até aqui, existem diversas coisas a serem levadas em conta na hora de escolher mussarela. Mas, agora que você já sabe como garantir que seus clientes consumam o melhor queijo, já pode colocar nossas dicas em prática e levar o seu estabelecimento ao sucesso!

Gostou do post? Então, que tal assinar a nossa newsletter? Assim você recebe diversas novidades diretamente na sua caixa de entrada!