Quem lida com o público no segmento de gastronomia sabe que constantemente é preciso inovar, tanto para agradar aos atuais clientes quanto para conquistar novos. Receitas diferenciadas, atendimento impecável, variedade e novidades no cardápio são algumas das estratégias que podem ser usadas com a finalidade de manter o sucesso da empresa.

Muitos restaurantes perdem ótimas oportunidades de negócios por não apostarem em diferentes tipos de serviços, como um café colonial, por exemplo. Essa refeição típica que surgiu nas áreas rurais da região Sul do Brasil com os imigrantes alemães, nada mais é do que um café da manhã completo, que atrai pela variedade de pratos. No entanto, é preciso saber como servir café colonial antes de incluir o serviço no menu do seu restaurante.

Neste post, você vai descobrir como preparar um café colonial, dicas sobre o que incluir no menu e como disponibilizar o serviço no seu restaurante. Confira!

Como servir café colonial

O principal atrativo de qualquer café colonial é a variedade de comidas e bebidas que fica à disposição dos clientes ou convidados. Isso inclui diferentes pães, bolos, tortas, queijos, biscoitos, chás, sucos, leite e chocolate quente, entre outros itens. O ideal é que os pratos sejam dispostos em uma mesa bem grande, de fácil acesso e sem complicações para que as pessoas possam se servir facilmente.

Uma dica para tornar seu menu diferenciado é apostar na sazonalidade dos ingredientes. Isso significa que a cada estação você poderá criar um cardápio especial, de acordo com os ingredientes típicos da estação. Além disso, pode usar também algumas receitas que remetam ao clima. Por exemplo, no inverno, aposte nas comidas típicas das festas juninas. No verão, use e abuse do frescor das frutas para criar sucos, geleias e complementos para bolos e tortas.

O que não pode faltar

Faça uma lista com o que não pode faltar no seu café colonial. Isso não será muito difícil pelo fato de você já conhecer um pouco sobre os gostos dos clientes que frequentam o restaurante. A partir disso, crie um cardápio completo, tanto com as opções para comer quanto para beber.

Novamente, a dica de seguir um menu de acordo com as estações cai muito bem. Por exemplo, no inverno, não deixe faltar bebidas que aquecem, como vinho quente, chás, cafés e cappuccinos, entre outras que a sua criatividade permitir. Já no verão, a necessidade é por pratos e bebidas mais leves, o que inclui tortas de vegetais, muitas frutas e iogurtes, por exemplo.

Aposte na diversidade

Hoje, existem muitas pessoas preocupadas com a alimentação e, inclusive, podem ser alérgicas e intolerantes a determinados ingredientes, como glúten e lactose. Não deixe de agradar esse público também, investindo em receitas específicas para quem não pode abusar das calorias ou mesmo segue diferentes tipos de alimentação, como os veganos.

Como o café colonial costuma ser bem farto, o ideal é servi-lo por um período longo, não apenas para a primeira refeição do dia. Aliás, você pode incluí-lo no cardápio daqueles dias em que as pessoas querem descansar e preferem sair para comer, como domingos e feriados.

E você, gostou das dicas sobre como servir café colonial? Não se esqueça de deixar seu comentário no post com sugestões para as próximas pautas!