A procura de profissionais experientes e especializados na área gastronômica está cada vez maior e, por isso mesmo, existem diversas escolas de gastronomia ao redor do mundo que os capacitam no ofício culinário.

Você sabe quais são as cinco escolas de gastronomia mais renomadas do mundo? Não? Então continue lendo o texto e confira a nossa seleção!

1. Le Cordon Bleu

Essa é uma das mais prestigiadas escolas gastronômicas do mundo. Fundada em 1895, em Paris, a Le Cordon Bleu, hoje, está presente nos cinco continentes, com mais de 40 escolas espalhadas pelo globo. São 20 mil alunos por ano.

Até o fim de 2017, será inaugurada, no Rio de Janeiro, a segunda filial da escola de gastronomia na América Latina, além de outra em Lima, no Peru.

Professores são chefs com estrelas Michelin para transmissão de conhecimentos da cozinha clássica francesa e técnicas internacionais modernas.

Ela oferece o Grand Diplôme, o certificado de renome reconhecido mundialmente. Tem a filosofia de alcançar a excelência pelo estudo constante e o refinamento da prática. É curso de alta qualificação e reputação internacional.

2. International Culinary Center

Com sede em Nova York, tem programas intensivos e rápidos. São 15 mil alunos em 80 escolas ao redor do mundo.

Com a máxima de que “o trabalho pesado tem um gosto bom”, a International Culinary Center conta com professores que ensinam técnicas clássicas de culinária francesa e é capaz de abrir muitas portas para diversas cozinhas diferentes.

O ICC, como é conhecido, possui instalações modernas e corpo docente especializado, espalhado por diversos cursos, como panificação e confeitaria, vinhos, estudos da cozinha latina, bebidas e hospitalidade, entre muitos outros.

3. Culinary Institute of America at Hyde Park

Foi pela visão ousada e inovadora de duas mulheres, Frances Roth e Katherine Angell, que nascia, em 1946, a ideia do Culinary Institute of America (CIA). Apesar de nunca ter trabalhado no ramo gastronômico, a advogada Frances Roth foi uma das pioneiras no ensino culinário.

Inicialmente, o instituto culinário foi criado para treinar veteranos da Segunda Guerra Mundial. Na época, foram matriculados 50 alunos, e o corpo docente contava apenas com um chef e um padeiro.

Hoje, no entanto, o Culinary Institute of America é um dos mais prestigiados do continente, oferecendo diversos programas de estudos, como o bacharelado em estudos de alimentos, licenciatura em ciências culinárias e bacharelado em hotelaria.

4. Culinary Institute of America at Greystone

Para quem é apaixonado por comida e vinho, a filial do CIA, em Greystone, é o instituto perfeito. A instalação histórica, que remonta ao final do século XIX, só é antiga por fora.

O Culinary Institute of America at Greystone possui corpo docente especializado e antenado com as técnicas culinárias mundiais.

Os programas oferecidos em Greystone seguem o mesmo currículo detalhado e intensivo do instituto em Hyde Park. Dentre os cursos disponíveis estão a licenciatura em artes culinárias e a pós-graduação em vinhos e bebidas (WBGC).

5. Tante Marie Culinary Academy

Fundada em 1954, a Tante Marie Culinary Academy é uma das escolas culinárias mais importantes do Reino Unido.

Oferece uma gama de cursos, desde certificados Cordon Bleu até cursos intensivos. O ideal de ensino da Tante Marie é o desenvolvimento de altos níveis de habilidades culinárias e a disciplina na cozinha.

A academia culinária fica localizada a alguns minutos do centro de Londres, e suas instalações são extremamente modernas, com tudo o que há de mais novo no mercado gastronômico.

Seja em Paris, Londres ou Nova York, as escolas de gastronomia são importantes no desenvolvimento de profissionais capacitados que desejam expandir os seus horizontes de técnicas culinárias.

Gostou do nosso post sobre escolas de gastronomia? Então, não se esqueça de deixar o seu comentário e compartilhar conosco e com os demais leitores as suas opiniões sobre o assunto!