A farinha branca é um dos ingredientes mais usados no dia a dia dos brasileiros, afinal, está presente em alimentos como pães, bolos, massas, pizzas, biscoitos e bolachas. O problema é que a principal matéria-prima de todas estas delícias traz alguns riscos à saúde, como compulsão alimentar e tendência à obesidade.

Esse tipo de farinha é pobre nutricionalmente e age como o açúcar no organismo, aumentando a taxa de glicose no sangue, dentre outros malefícios. A boa notícia é que já existem opções como as farinhas de castanha e amêndoas, que conseguem substituir a versão de trigo e ainda oferecem inúmeros benefícios à saúde.

Neste post, você vai conhecer um pouco mais sobre estas alternativas e como incluí-las nas receitas da sua rotina. Confira!

Benefícios da farinha de amêndoas

A amêndoa faz parte da família das oleaginosas e entre suas principais características nutricionais podemos destacar alta dose de ácido fólico, excelente fonte de vitamina E e fibras.

O consumo frequente da amêndoa contribui para o bom funcionamento do sistema cardiovascular, ajuda a diminuir o colesterol ruim e ainda age como um poderoso antioxidante.

Para aqueles que estão em busca de ingredientes funcionais, a farinha de amêndoas é uma excelente aliada, pois ela também ajuda na queima de gorduras ruins e, além disso, é perfeita para receitas low carb — aquelas voltadas para o baixo consumo de carboidratos.

Vantagens nutricionais da castanha de caju

Assim como a amêndoa, a castanha de caju é outra fonte de saúde que ajuda a manter o sistema cardiovascular, atua no controle da pressão arterial, auxilia o sistema digestivo, além de ser uma fonte de vitaminas e minerais como magnésio, fósforo e zinco.

Todos eles são essenciais para a manutenção de um corpo saudável, pois são importantes para os ossos, ajudam a fortalecer as defesas do organismo, entre muitos outros benefícios.

Assim como a farinha de amêndoas, a versão feita com castanha de caju é facilmente encontrada nos dias de hoje e pode ser usada em variadas receitas, desde as mais tradicionais, como pães e bolos, até preparos mais específicos voltados para dietas restritas, como as veganas e paleolíticas.

Como usar as farinhas de castanha e amêndoas

A farinha de amêndoas é superversátil e pode ser usada no preparo de bolos tradicionais, muffins, biscoitos, cupcakes e até mesmo para empanar determinadas receitas, substituindo a farinha de rosca. Uma dica para manter a qualidade dessa farinha é armazená-la em um recipiente que fique bem fechado, para que não haja o risco de oxidação.

Assim como a farinha de amêndoas, a versão feita com castanha de caju não contém glúten, é perfeita para dietas veganas e low carb, e funciona muito bem para empanar alimentos, no preparo de pães, panquecas e bolos, para incrementar saladas, iogurtes e molhos.

E você, já conhecia todos os benefícios nutricionais das farinhas de castanha e amêndoas e sabia como usá-las? Não deixe de experimentar a variedade de farinhas Nova Safra e incluí-las a partir de agora nas receitas do seu dia a dia. Basta ter criatividade!