Por motivos que vão da praticidade no preparo à variedade de sabores, a pizza é o alimento mais popular no mundo. Em praticamente todos os países existem franquias, restaurantes especializados e pizzarias que fazem adaptações do típico prato italiano para a cultura local.

Aqui no Brasil — o segundo país que mais consome essa iguaria, ficando atrás apenas dos Estados Unidos —, há pizzas feitas com queijo e goiabada e até mesmo acarajé. Tal variedade é possível devido ao caráter neutro da massa, que proporciona grande liberdade criativa para montar o sabor final. Mas você sabia que, além de infinitas combinações de sabores, existem diferentes tipos de massa de pizza? Confira abaixo alguns deles!

1. A “tradicional” massa napolitana

Quando um prato é extremamente difundido, fica difícil afirmar qual seria a receita original. Obviamente este é o caso da pizza. Entretanto, especialistas no assunto apontam que a origem da massa estaria região de Nápoles, no sul da Itália. Aparentemente, foi lá onde tudo começou.

A massa napolitana é a que apresenta menos ingredientes (ela é composta por nada além de farinha, água, sal e fermento) e é assada nas mais altas temperaturas. Isso deixa a pizza leve, fininha e muito mais crocante.

Apesar de elementar, ela pode ser complicada para acertar o ponto da massa e também difícil de assar, devido às altas temperaturas dos fornos. Geralmente, a farinha utilizada no preparo são as mais finas e as pizzas são assadas a quase 500 ºC.

2. A incrementada massa nova-iorquina

Como quase tudo que passa pela cultura norte-americana, as pizzas desenvolvidas por lá foram as que mais se adaptaram à lógica da indústria de fast-food. Elas são assadas a temperaturas mais baixas em fornos de carvão e também nos modernos fornos a gás, que demandam menos espaço para o funcionamento. Esse tipo de massa é ligeiramente mais grossa que a napolitana, um pouco mais fofa e apresenta crostas moderadas.

Essas características permitem que as fatias sejam dobradas sem que a massa quebre, mantendo o molho e o queijo dentro da massa, na medida do possível. A receita das pizzas ao estilo de Nova Iorque acrescenta óleo e açúcar aos ingredientes presentes na receita napolitanas. Sua textura permite uma ligeira penetração do molho e do óleo que sai do queijo na massa. Esse tipo de massa de pizza está entre os mais populares no mundo e é bastante comum no Brasil.

3. A sutil massa siciliana

Existe ainda uma receita de pizza que descarta aquele trabalhoso processo de abrir a massa. Ela é conhecida como siciliana e pode ser feita em qualquer formato de assadeira. Essa massa é utilizada comumente para fazer aquelas pizzas quadradas que encontramos por aí. Ela é uma variação da massa ao estilo nova-iorquino, feita em uma assadeira untada com azeite.

O fundo da massa frita enquanto a pizza assa e confere crocância particular, além de um sabor levemente adocicado. Esse tipo de massa é ideal para pizzaiolos apressadinhos e para fazer pizzas compartilhadas por muitas pessoas. Ela fica numa textura ideal para partir em quadradinhos como se fossem aperitivos.

Gostou de saber sobre os mais diversos tipos de massa de pizza? Ficou com vontade de pedir uma ou até mesmo chamar os amigos para um rodízio? Então confira agora algumas ideias para rodízios temáticos!