As vendas de doces caseiros sempre representaram uma forma significativa de gerar renda extra. Muitas pessoas começam aproveitando datas comemorativas, como Páscoa e Natal, mas acabam percebendo o quanto o negócio pode dar certo.

Com as dicas abaixo, você aumenta as chances de prosperar nesse ramo e fazer das vendas de doces caseiros sua principal atividade profissional durante o ano inteiro. Que tal conferir agora?

1. Use matéria-prima diferenciada

Em um mercado tão dinâmico, é preciso, primeiramente, oferecer produtos de qualidade mais elevada do que os da concorrência, de forma que não seja apenas mais uma opção.

Pesquise por matérias-primas diferenciadas, trazidas de outros estados ou países ― a internet é um ótimo meio para adquirir produtos dessa forma ―, ou mesmo compre diretamente de produtores locais. Essas opções tendem a ser mais caras, mas tornam seu produto mais atraente.

Produzir sob encomenda e embutir o custo no preço final do produto, por exemplo, são estratégias eficazes para que você possa sentir a aceitação do mercado em relação ao novo produto e evitar prejuízos.

2. Diversifique suas opções

Para testar a opção com maior demanda, o indicado mesmo é se aventurar na confecção de produtos diversificados, mas sem mudar o foco da produção.

Por exemplo, em vez de fazer biscoitos, brigadeiros e cupcakes, três doces que seguem linhas de preparo, armazenamento e matérias-primas diferentes, aposte apenas em biscoitos doces assados: com nozes, com toque de limão ou, ainda, com cobertura de chocolate!

Uma crescente demanda ― ainda sem oferta suficiente ― ocorre por produtos caseiros que aderem ao conceito de qualidade de vida, sustentabilidade e bem-estar. Usando o exemplo dos biscoitos: produzir linhas orgânicas e veganas, por exemplo, são excelentes diferenciais.

3. Aposte na apresentação

Lembre-se de que as pessoas comem primeiro com os olhos! O sucesso nas vendas de doces caseiros está diretamente ligado à qualidade do produto e a de sua apresentação, que deve ser diferente, apetitosa e, acima de tudo, higiênica.

4. Adote uma dinâmica inovadora

Explore segmentos de mercado que ainda não foram bem trabalhados e amplie suas possibilidades para além de familiares e amigos.

Defina o conceito do seu produto e procure o nicho de mercado no qual ele será mais bem aceito.

Voltando ao exemplo dos biscoitos, que tal apresentá-los a empresas de treinamento e capacitação e a grandes escritórios, como opção de coffee break? E a empresas de recreação infantil e colônia de férias, com opção de piquenique?

5. Profissionalize-se

Profissionalização é fundamental em qualquer atividade que se proponha executar. É indispensável adquirir conhecimentos sobre como administrar o negócio, criar estratégias, organizar despesas ― e reinvestir possíveis lucros ― e manipular alimentos de forma correta, entre outras possibilidades.

É muito importante também se apresentar enquanto profissional para esse mercado exigente. Ter sua empresa e emitir nota fiscal é mais fácil e barato do que você imagina: um exemplo é optar pela atuação como MEI no ramo alimentício.

6. Invista em marketing digital e promoções

A internet é um presente para pequenos negócios! Usando as ferramentas adequadas, você poderá divulgar seus produtos de maneira eficaz, alcançando pessoas e empresas que nunca havia imaginado.

O segredo é trabalhar nessa plataforma de maneira bastante consistente, diferenciada e profissional, uma vez que a concorrência no meio virtual já é bastante significativa.

Pesquise sobre como montar uma Fanpage, como gerenciar uma conta no Instagram, quais opções de website você pode usar para expor seu produto. Fazer promoções atraentes também é um desafio que pode aumentar consideravelmente suas vendas!

7. Persista no seu objetivo

A dica mais importante de todas e que serve para qualquer empreendimento que se proponha a ter na vida é: persista.

A ansiedade pela obtenção de respostas rápidas pode fazer com que novos empreendedores desistam precipitadamente de seus negócios. É preciso ter foco, acreditar no produto e estar disposto a mudar de estratégia sempre que necessário.

Mantenha-se inspirado nos exemplos de empresas que começaram com vendas de doces caseiros e que hoje são referência no mercado. Quem sabe esse também não se torne seu destino?

Gostou deste post? Que tal compartilhá-lo em suas redes sociais e fazer com que mais pessoas saibam sobre o assunto?