Kaebisch_50

Atualmente, a produção de bombons caseiros é uma boa oportunidade para quem quer entrar no ramo alimentício. É uma área que vem crescendo dia após dia, devido à variedade de recheios que agradam a todos.

O consumo de chocolate no Brasil é significativo e possui bastante expansão. Isso significa que há várias oportunidades de negócios nesse ramo, e é possível vender mais utilizando as estratégias corretas.

Ficou curioso? Então confira como é possível ter uma renda extra preparando esse incrível doce!

Como se preparar para começar a produzir?

O primeiro passo é definir o seu cardápio e comprar os ingredientes e materiais necessários. O ideal é que, inicialmente, você escolha apenas alguns recheios. Depois, quando já houver um pouco mais de experiência, é válido ampliar o negócio.

De início, é importante ter também estes materiais básicos para a produção:

  • formas de acetato para bombons;
  • saco de confeitar (auxilia no momento de colocar o recheio);
  • espátulas de aço e silicone;
  • garfo para glaçagem;
  • termômetro culinário (ajuda a ter uma temperagem de chocolate mais precisa);
  • papel manteiga para apoiar os bombons.

Quanto à embalagem, escolha primeiro com o que você deseja trabalhar, ou seja, se pretende sofisticar o trabalho, prefira forminhas com tapetinhos ou aquelas mais elaboradas, como as caixinhas.

É possível utilizar até mesmo as formas tradicionais para docinhos. Uma boa dica é usar o papel chumbo nos bombons.

Todos esses materiais são facilmente encontrados em lojas para artigos de festa ou do setor culinário. Também é possível comprá-los em lojas virtuais de qualidade.

Quais ingredientes utilizar no preparo?

Para o preparo dos bombons, compre os produtos de acordo com a receita. Normalmente, são utilizados chocolates ao leite, meio amargo e branco para as casquinhas. Os recheios variam: brigadeiros diversos, frutas, mousses, nozes, trufas, entre outros.

Como fazer os bombons caseiros?

O preparo é bem simples! Primeiro é importante temperar o chocolate para a casquinha — consiste em elevar a temperatura e depois abaixar novamente. Isso faz com que o produto não derreta tão fácil.

Para facilitar, já existem coberturas de chocolate que não necessitam dessa temperagem. No entanto, a matéria-prima precisa ser de qualidade para não ficar com o famoso sabor de “parafina”.

Se for utilizar as forminhas, basta passar cerca de duas camadas bem fininhas de cobertura, esperar secar, rechear e cobrir com mais chocolate. Se optar por uma maneira mais rústica, você só precisa banhar o recheio (que nesse caso deve ser mais resistente) no chocolate já derretido.

Lembre-se de colocar a validade do produto na embalagem e armazená-lo corretamente em caixas com tampa e em locais secos, arejados e sem cheiro. Vale mencionar que a durabilidade é de acordo com o recheio, combinado?

Por exemplo, bombons com leite condensado duram de 5 a 7 dias, com recheio de chocolate, até 15 dias, e produtos sem recheio chegam a durar 30 dias.

Como vender e calcular os custos?

Existem várias maneiras de calcular os gastos e o preço de venda para obter lucro. Sugerimos, por exemplo, que você some todos os valores utilizados na produção de x unidades. Depois multiplique esse valor por três e divida pelo número de bombons.

Assim você encontrará o valor de venda da unidade já com o percentual de lucro que obterá. Lembrando que, geralmente, a unidade custa entre R$ 1,00 e R$ 2,00, preço que varia de acordo com o recheio.

Comece a vender para familiares, vizinhos e amigos. Com a aprovação, ofereça em lojas e empresas. Vale divulgar o seu trabalho de várias formas, por meio de cartões e redes sociais. Aos poucos, seu negócio crescerá, e você verá o grande retorno.

Entendeu quais são os passos necessários para iniciar a venda de bombons caseiros? É essencial mencionar que essa é uma maneira de obter uma grande renda extra. Em casos maiores, é possível viver apenas com a venda dessa delícia. Vale a pena fazer um investimento inicial em prol de uma boa produção! Não se esqueça de priorizar a qualidade!

O que você achou desse post? Gostou? Então confira a diferença entre a trufa e o bombom e aprimore ainda mais seus conhecimentos. Até a próxima!