Stroopwafel (fala-se strôôpváfel) é uma antiga receita holandesa, criada no século XVIII. Para os mais tradicionais, essa guloseima é consumida pela manhã. Já para os amantes da gastronomia, é bom a qualquer hora.

Para quem for visitar o país, ainda é possível encontrar feiras abertas onde os stroopwafel são feitos artesanalmente, usando-se uma chapa de ferro a gás. Assim, enquanto o aroma exala por todo o local, os clientes se amontoam buscando adquirir uma porção dessa delícia.

Porém, se viajar para a Holanda não está em seus planos em um futuro próximo, temos uma ótima notícia! Neste post contaremos um pouco mais sobre esse doce e mostraremos como prepará-lo. Acompanhe com a gente!

O que é e como surgiu o stroopwafel?

O tradicional stroopwafel é preparado com um fino waffle cortado ao meio e recheado com caramelo especial. O mais comum é saboreá-lo em temperatura ambiente, levemente aquecido em um micro-ondas ou então sobre a borda de uma xícara de chá quente.

Sua receita costuma ser guardada a sete chaves e passada apenas de pai para filho, de geração a geração. Por esse motivo, as mais procuradas são muito bem protegidas.

A original foi desenvolvida por um antigo padeiro na cidade de Gouda, próxima à Amsterdã, no ano de 1784, o qual já fazia waffles com farelos, recheando-os com melado à base de caramelo.

Inicialmente, o stroopwafel era algo produzido simplesmente dos restos de outras receitas, por isso era barato e mais popularmente consumido entre os menos afortunados.

Nesse período o doce era conhecido somente em Gouda. Já hoje todas as padarias, inclusive fora de Gouda, possuem sua receita própria.

Como fazer o famoso stroopwafel?

Vamos passar agora para a melhor parte, que é descobrir como se prepara essa delícia. Acredite, é algo muito simples!

Ingredientes para o waffle:

  • 250g de farinha de trigo;
  • 125g de manteiga derretida;
  • 75g de açúcar cristal;
  • 1 ovo grande;
  • 25g de fermento seco para pão;
  • 1 colher de sopa de água morna salgada.

Ingredientes para o recheio:

  • 200g de melado de cana;
  • 125g de açúcar mascavo;
  • 100g de manteiga derretida;
  • 1 colher de chá de canela em pó.

Como preparar os waffles:

Comece dissolvendo o fermento seco na água morna salgada.

O próximo passo é juntar a farinha de trigo, o ovo, o açúcar, a manteiga e, por fim, o fermento já dissolvido. Misture muito bem todos os ingredientes, deixando que descansem por 30 a 60 minutos. Após isso, é só enrolar a massa e, em seguida, cortar em bolinhas.

Para finalizar a massa, coloque as bolinhas em uma grelha especial para waffles. Regule para uma temperatura alta e feche a tampa. Asse por aproximadamente 30 segundos.

Como preparar o recheio:

O recheio é a parte mais fácil, bastando que você comece derretendo o açúcar mascavo na panela.

Em seguida inclua a manteiga, o melado e a canela em pó, mexendo bem até dar um ponto mais encorpado para a calda.

Como montar e servir o stroopwafel?

Com todas as partes do doce em mãos, vamos à montagem final.

Retire o waffle da grelha, corte-o ao meio criando duas fatias bem finas e, por fim, espalhe o caramelo de forma uniforme pelo biscoito. Cubra-o com a outra metade da fatia e pronto!

Na hora de servir, o stroopwafel deve ser oferecido com café ou chá. A diferença na apresentação é que o waffle vai sobre a caneca, como se fosse uma tampa.

Agora vem a parte mais difícil do processo: antes de ser comido, é preciso que ele seja levemente amolecido pelo vapor quente da bebida, absorvendo inclusive seu aroma.

Para tal, você terá que aguardar longos e eternos 2 a 3 minutos com o delicioso stroopwafel em sua frente, mas sem poder saboreá-lo. Será que você consegue?

Esperamos que tenha gostado deste post. Quer ficar sempre por dentro de todas as novidades do nosso canal? Então curta agora nossa página no Facebook!