restaurante_vegano_camboriu_04

O veganismo é um estilo de vida que tem crescido muito no Brasil, principalmente nos últimos anos. No entanto, ainda não é tão fácil encontrar um restaurante vegano, mesmo nas grandes metrópoles.

Os poucos locais que começaram a funcionar estão fazendo o maior sucesso e sendo frequentados até mesmo por pessoas que não são veganas. Para entender melhor sobre essa tendência, acompanhe o post de hoje!

Restaurante vegano ou vegetariano?

É comum que haja confusão quando se trata da denominação, no entanto, se está pensando em investir nesse tipo de negócio, você precisa saber que veganismo e vegetarianismo são conceitos diferentes.

Os veganos não consomem nada de origem animal, o que inclui todos os tipos de laticínios e ovos. Eles também não usam produtos que possam ter provocado a exploração animal, como roupas e também materiais de higiene ou cosméticos que são testados em animais.

Já os vegetarianos não comem carne, mas podem ser ovolactovegetarianos (comem ovos e laticínios) ou lactovegetarianos (não comem ovos, mas consomem laticínios) e também não obrigatoriamente evitam usar produtos ou acessórios oriundos de matéria-prima animal.

Sabendo dessas diferenças, denominar o restaurante adequadamente é importante para atrair a clientela certa. Além disso, sempre rotular os alimentos como sendo vegetarianos ou veganos é primordial, pois uma pessoa vegana não comerá um doce feito com chocolate comum, à base de leite, por exemplo.

Quais são as vantagens em abrir esse tipo de restaurante?

Abrir um restaurante vegano proporciona algumas vantagens muito interessantes, já que ele tem alguns diferenciais, quando comparado aos restaurantes comuns. Confira!

Clientela fiel

Por ser um estilo de vida, o veganismo acaba fazendo com que os seus adeptos criem uma simpatia por locais que ofereçam alimentos que não são de origem animal, pois isso mostra apoio à causa que eles defendem.

Sendo assim, ao encontrar um restaurante em que possa saborear uma grande diversidade de alimentos e se sentir bem, é possível que a pessoa vegana passe a frequentar esse local regularmente.

Pouca concorrência

Como já foi dito, não existem muitos restaurantes veganos. Até existem locais que oferecem pratos veganos ou vegetarianos, mas nem sempre o cardápio é variado.

Por isso, ao abrir um restaurante vegano de verdade, você quase não encontrará concorrência. E dependendo da localização escolhida, é possível conseguir muitos clientes.

Margem de lucro maior

Por não utilizar carne e os pratos serem feitos à base de verduras, legumes, frutas e cerais, o valor despendido para o preparo das refeições é menor, aumentando a margem de lucro.

Alguns locais ainda optam por cobrar um valor maior, por conta das opções diferenciadas disponíveis no menu. No entanto, os restaurantes vegetarianos que oferecem preços mais baixos já estão começando a fazer um grande sucesso. Portanto, considere as possibilidades e encontre a solução mais adequada para o seu negócio.

Restaurantes veganos podem ser diversificados?

Algumas pessoas associam os restaurantes veganos a comidas naturais e leves ou até mesmo a várias opções de saladas. A maior parte dos pratos do cardápio realmente costuma ser mais saudável, por conta dos ingredientes utilizados.

Porém, isso não impede que o restaurante vegano tenha um estilo diversificado. Há muitas opções de receitas que podem ser preparadas, como hambúrguer de soja, batata frita, feijoada vegana, escondidinho vegetariano, coxinha e outros salgados feitos sem carne. Inclusive, já tem gente apostando nessa ideia e conseguindo um bom retorno.

O interessante é pesquisar sempre receitas novas e, quem sabe, apostar até no delivery para atender mais clientes, já que a proposta de restaurante vegano é realmente algo novo no mercado!

Gostou de conhecer essa novidade? Então siga-nos no Facebook e no Youtube e fique por dentro de diversas tendências do ramo de food service!