tipos-adocante-stevia

Cada vez mais, as pessoas se preocupam com uma alimentação que seja saudável e, ao mesmo tempo, saborosa. Porém, no nosso dia a dia ou mesmo quando vamos ao fogão para preparar doces, é muito difícil decidir como vamos adoçar a receita. É nesse sentido que o Adoçante Stevia pode ser uma ótima opção.

Você já ouviu falar? Se não, fique tranquilo, pois preparamos um post em que explicaremos tudinho para você. Fique com a gente e confira!

O que é o Adoçante Stevia?

O Adoçante Stevia provém de uma planta cujo nome científico é Stevia rebaudiana. Essa planta já era usada pelos povos indígenas Guarani devido às suas propriedades medicinais — tais como a ação hipoglicêmica, diurética, estimulante e digestiva.

No entanto, foi somente no ano de 1908 que os alemães isolaram o princípio doce da planta, dando início à sua utilização como adoçante. Dessa forma, o Adoçante Stevia utiliza essa propriedade da planta para atuar como um adoçante completamente natural e orgânico que pode adoçar cerca de 300 vezes mais do que o açúcar tradicional e que, de quebra, ainda traz uma série de benefícios para a saúde.

Quais são os benefícios trazidos por esse adoçante?

O princípio ativo presente na planta Stevia rebaudiana que faz com que sintamos o gosto adocicado é um tipo de glicosídeo, os quais são denominados glicosídeos steviol. A grande vantagem é que os glicosídeos steviol não são metabolizados e nem digeridos pelo nosso organismo. Desse modo, não obtemos nenhuma caloria consumindo esse adoçante.

Como se já não bastasse, as folhas da Stevia possuem ainda uma série de nutrientes, tais como sais minerais (cálcio, flúor, ferro, fósforo, zinco e manganês) e vitaminas (vitamina A, vitamina C e vitaminas do Complexo B), as quais são essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo.

O Adoçante Stevia pode ser utilizado a fim de substituir o açúcar?

A resposta é: sim!

O fato é que, desde pequenos, já desenvolvemos a preferência por tudo que é doce. Assim, estamos sempre procurando algo que consiga adoçar, mas que não tenha tantas calorias como o açúcar e o mel.

Há diversas opções no mercado: os chamados edulcorantes intensos, tais como o aspartame, a sacarina, a sucralose e o próprio glicosídeo steviol.

O grande diferencial do glicosídeo steviol é que ele é completamente natural e orgânico, ou seja, não possui uma série de compostos químicos em sua composição, fazendo com que tenha uma dupla ação: além de atuar como adoçante natural, ainda traz proveitos para o organismo, ajudando a manter os níveis de glicemia normais e auxiliando na redução de cáries e sangramentos gengivais.

Dessa forma, com certeza ficou claro os benefícios que o Adoçante Stevia pode trazer para o organismo, bem como o porquê de ele poder substituir o açúcar convencional. Devemos estar sempre antenados e procurando nos informar sobre os alimentos, suas características e suas ações no organismo, a fim de cultivarmos e mantermos uma vida saudável.

Gostou do nosso texto? Você já conhecia o Adoçante Stevia? Então por que também não lê outro artigo nosso, em que informamos a diferença entre zero, light e diet?