pasataa

Cupcakes, bolos, docinhos… essas receitas de festa quase sempre pedem uma bela pasta americana para decorar e dar sabor. A receita de pasta americana é refinada e nem sempre simples de fazer, até por que há algumas variações.

Sendo assim, existem alguns cuidados especias a tomar no momento do preparo para que ela tenha consistência perfeita e sabor impecável. Elencamos abaixo algumas dicas para que você não erre mais!

Busque equilíbrio

Algumas receitas conferem maior liberdade no preparo. São aquelas que fazemos “no olho”. A pasta americana não é assim. Ela requer maior precisão no equilíbrio dos ingredientes e até mesmo a temperatura pode influenciar no resultado final. Trata-se de uma receita muito delicada, então, seja qual for a sua fórmula, você deve segui-la à risca e buscar sempre esse equilíbrio.

A importância da margarina

Há certos tipos de ingredientes que são específicos para a confeitaria. As margarinas, por exemplo, são elementos importantes, que devem ter uma composição diferente daquelas que passamos no pão no café da manhã. As chamadas “margarinas de forno” ou “de culinária” são as mais indicadas para essas receitas. Em todo caso, se não encontrar esses rótulos, opte pelas que apresentem um teor de lipídeo que varie de 70% a 80%.

É importante também que você a utilize em temperatura ambiente e não gelada. Mantê-la resfriada faz com que haja o acúmulo de água em sua composição, podendo afetar o equilíbrio da água na pasta e a temperatura necessária para que ela chegue ao ponto ideal.

Glucose, açúcar impalpável e gelatina

Embora a quantidade de glucose na massa seja, em geral, pequena, é importante estar atento. Aconselha-se usar a chamada glucose branca, por ser mais densa. A utilização de uma glucose de caráter mais líquido poderá afetar o equilíbrio e a textura da sua pasta americana.

Opte também pelo açúcar impalpável. Ele não contém adição de amido em sua composição e, por isso, ajuda a manter a massa mais leve. No caso da gelatina, o ideal é usar a sem sabor e incolor, para que depois você possa manipular esses elementos sem maiores dificuldades.

Aplicação e reutilização

Assim que você terminar de fazer a sua pasta americana, ela deve ser aplicada imediatamente ao seu bolo. Ela pode perder a consistência ideal, podendo até mesmo rachar. Depois de aplicada, tanto o bolo quanto a sobra da pasta não deve ser armazenados na geladeira, pois a pasta umedece e pode estragar. Sendo assim, procure sempre reservá-la em um local seco e fresco, de preferência protegido por um saco plástico. Ela tem a validade aproximada de 15 dias.

Reutilizar a massa feita alguns dias atrás é muito simples. Basta colocá-la no micro-ondas por 3 a 6 segundos, juntamente com uma colher de margarina ou gordura hidrogenada. Sove até que ela volte ao ponto desejado.

Esses são alguns dos segredos por trás desse confeito tão tradicional. Agora que você está atento a alguns desses cuidados, pode experimentar novas possibilidades para seus produtos.

Ficou alguma dúvida? Tem outra dica ou observação sobre receita de pasta americana? Compartilhe seu conhecimento comentando aqui no post!