20

A paixão pela comida é despertada por meio de várias maneiras diferentes. Certamente, o sabor é um fator determinante na preferência das pessoas, mas o aroma, a textura e a aparência também exercem um enorme fator de atratividade. Afinal, quem nunca quis comer com os olhos um prato extremamente bonito e chamativo?  

Quem trabalha no setor de alimentação precisa levar esse detalhe em consideração. Investir em cores, apresentações e visuais diferenciados pode ser uma estratégia fundamental para tornar sua comida mais completa, despertando o apetite e conquistando mais clientes.

Quer entender a importância da aparência do buffet self-service? Então confira o conteúdo a seguir:

A influência das cores

Toda a indústria alimentícia sabe que as cores exercem uma forte influência sobre o paladar humano. Afinal, não é por acaso que praticamente todas as grandes redes de fast-food do planeta possuem tons de vermelho e amarelo em sua comunicação visual, não é verdade? Os empresários e os designers, antes de criarem a identidade dessas lanchonetes de sucesso, tinham o conhecimento de que as tonalidades quentes são estimulantes e induzem os clientes a consumirem mais.

Isso é um instinto humano natural. As frutas, por exemplo, possuem cores chamativas e facilitavam sua localização e colheita, até para que houvesse a disseminação de suas sementes e a propagação da espécie. E esse impulso permanece até hoje, mesmo depois de tantos anos vivendo fora das florestas e dentro dos grandes centros urbanos.

Embora cores como marrom, preto e azul sejam consideradas menos atraentes, isso não quer dizer que precisem ser eliminadas. Como também somos seres racionais, também reconhecemos que certos pratos podem ser bem saborosos ainda que não despertem grandes emoções ou vontade de comer com os olhos. O primordial aqui é saber que as cores quentes devem ser, senão exclusivas, preferenciais no buffet self-service.

Dicas de apresentação no buffet self-service

O primeiro passo para fazer uma boa apresentação no buffet é compreende bem o conceito de self-service. Diferentemente dos restaurantes à la carte, onde os consumidores podem escolher seus pratos em uma lista e depois aguardam o preparo de sua refeição, nos restaurantes self-service é o próprio cliente que vai até o alimento e coloca em seu prato. Portanto, é essencial não colocar empecilhos entre as mesas e os expositores, favorecendo a circulação e estimulando inclusive que as pessoas comam quantas vezes desejarem.

É importante salientar também que os clientes desejam ter uma variedade grande de alternativas para colocar em seu prato. Por isso, o restaurante precisa investir em uma boa abundância de opções e combiná-las de modo a estimular o apetite. A organização, dentro desse contexto, é fundamental. Uma boa mesa de saladas frescas (afofe e empilhe as folhas e empilhe, pois é muito mais aprazível ver os ingredientes amontoados do que escorridos e achatados), uma estação exclusiva de carnes suculentas e uma área de frios variados já são um excelente começo.

Como dissemos, vale apostar no contraste das cores quentes. Elas podem ser usadas na decoração, principalmente na região dos expositores, mas também devem ser aproveitadas nos alimentos. Pense em escolhas contrastantes no mesmo expositor. Use tonalidades fortes e fracas, adicione condimentos para quebrar os tons pastéis. Cozinhe os legumes no vapor e refogue-os rapidamente, pois assim eles ficam mais brilhantes. Pimentas, molhos e folhas são excelentes para atrair os olhares dos fregueses. Especiarias e temperos conferem também não só um visual mais bonito, mas também reforçam o aroma e o sabor.

Por fim, não se esqueça da sua louça, afinal, harmonizar as cores dos pratos com as dos alimentos pode ser uma tarefa árdua. Em geral, vale apostar no braço, pois ele permite realçar a beleza da sua comida. Porém, o essencial mesmo é sempre deixá-los bem limpos, tomando cuidados com as marcas das digitais dos funcionários, manchas de gordura ou de molhos.

E então, descobriu como fazer seu cliente comer com os olhos? Siga essas dicas e sinta os resultados no seu buffet de self-service! E se quiser receber mais conteúdos como esse em primeira mão, não deixe de assinar a nossa newsletter!