CAD

Quem é empreendedor sabe que com a autonomia vêm responsabilidades, que podem ser um peso e tanto quando não se tem o conhecimento necessário para resolvê-las. Na hora de definir como precificar os itens, por exemplo, é importante ter um planejamento e pesquisa adequados para não errar. 

Justamente pensando nisso, preparamos esse post para esclarecer essa questão e mostrar todos os critérios envolvidos na precificação de produtos alimentícios. Ficou curioso? Então continue acompanhando e descubra como precificar os produtos da sua sorveteria!

Leve em conta os custos

Tudo o que envolve a produção e distribuição do seu produto deve ser levado em conta no ato de definir os preços. Isso inclui matéria-prima, impostos, embalagens, salários dos funcionários envolvidos na produção, gastos administrativos, energia elétrica utilizada, enfim, tudo o que é gasto para que o produto possa ser comercializado.

Outro aspecto a ser levado em conta junto aos custos é o lucro almejado. Somar todos os custos e diluir no preço é o básico para que a venda do seu produto valha a pena.

Analise a concorrência

Um passo muito importante no processo de precificação é analisar e tomar como parâmetro o preço praticado pela concorrência. Por exemplo, se houver uma sorveteria ao lado da sua com a mesma qualidade mas com o preço muito inferior, certamente, os clientes não se sentirão atraídos pela sua loja.

Observe o consumidor

Avaliar o cenário econômico é fundamental para precificar seus produtos corretamente, assim como fazer pesquisas de mercado. Dessa forma, fica mais claro qual o valor que os clientes estão dispostos a pagar pelo seu produto. Isso ajuda a manter os preços na média, de forma que não espante clientes nem dê prejuízo.

Avalie o valor agregado

Seu estabelecimento tem um ambiente agradável para os clientes passarem um tempo? Tem televisor? Disponibiliza Wi-Fi grátis ou tem algum outro diferencial, seja no ambiente, seja no atendimento? Se sim, pense em uma maneira de diluir o valor agregado no preço também, até porque, o cliente não paga somente pelo sorvete, mas também pela ótima experiência de compra na sua loja.

Formas de introduzir o seu produto no mercado

É importante salientar que há duas formas diferentes, no que diz respeito a preço, ao introduzir seu produto no mercado. A primeira forma é com o preço acima da média, para compensar nos primeiros meses, todo o investimento necessário, assim, gradualmente, você pode ir diminuindo o preço até ficar mais adequado ao que você deseja.

A segunda forma é lançar o(s) produto(s) com o preço abaixo da média da concorrência, para que sua marca atinja um público inicial e sua marca se torne conhecida, para que você possa, então, elevar os preços ao nível desejado.

Não esqueça que o ato de precificar seus produtos não é único, já que, eventualmente, você precisará alterar o valor, para mais ou para menos. Por isso, esteja sempre atento ao que os consumidores dizem, ao cenário financeiro e aos preços que a concorrência pratica.

Estar antenado é estar um passo a frente dos demais, e no mundo dos negócios, isso faz toda a diferença!

Achou esse artigo útil? Pensa em utilizar essas dicas no momento de precificar seus produtos? Então não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.