Mister-Sabor-Empresa-1a

Ter uma boa ideia e uma veia empreendedora, muitas vezes, é o que basta para iniciar um projeto que pode ser um sucesso. Mas, quando não se tem muito conhecimento na área em que se deseja iniciar um negócio, o jeito é estudar — e estudar muito.

Se você pensa em montar uma fábrica de salgados, porém não faz ideia do que é preciso para se dar bem nesse negócio, então, fique atento a esse artigo que preparamos para você.

Separamos aqui algumas dicas sobre o que é necessário para fabricar coxinhas, fabricar empadas e sobre como lidar com fornecedor de alimentos, por exemplo.

Continue a leitura e confira!

Passo 1: Faça uma pesquisa de mercado

Como em qualquer negócio, é essencial realizar uma pesquisa de mercado antes de montar sua fábrica de salgados. Conhecer o tipo de clientes, os concorrentes, a distância entre o fornecedor de alimentos e sua fábrica — tudo isso deve ser pensado antes de tirar os seus planos do papel. Assim, fica mais fácil evitar imprevistos.

Passo 2: Escolha qual o local ideal

O local para se montar um negócio desse tipo tem que ter espaço suficiente para comportar algumas seções. É recomendado ter, no mínimo 150 m², visto que a seção destinada para fabricar coxinhas, para fabricar empadas e outros salgados deve ficar longe da área de higienização e do depósito, por exemplo, por questões de higiene.

Pelo mesmo motivo, deve haver uma distância entre essas seções em relação ao vestiário e os sanitários dos colaboradores. Em outras palavras, no momento de escolher o local, é importante levar em conta todas as necessidades e todos os procedimentos que serão realizados dentro da fábrica.

Passo 3: Adquira os equipamentos necessários

Há uma série de equipamentos essenciais para que uma fábrica de salgados funcione como deve funcionar. Uma câmara fria, ao menos um fogão industrial, um freezer para armazenamento, uma mesa de trabalho impermeável, uma embaladora a vácuo e uma masseira que suporte altas temperaturas são o básico.

É importante ter em mente que os móveis e os equipamentos adquiridos devem ser sempre impermeáveis e de fácil limpeza e conservação, feitos em materiais como o aço inox ou o PVC, por exemplo, e isso também se aplica ao chão e qualquer outra superfície de contato.

Passo 4: Planeje-se quanto as embalagens

Pesquise qual o melhor tipo de embalagem para o seu produto final. Vale a pena personalizar? Qual o material ideal para sua embalagem? Como conseguir qualidade e preço baixo?

Nesse aspecto, pode valer mais a pena tentar negociar diretamente com um pequeno fabricante, do que procurar revendedores ou casas de embalagens, que podem cobrar mais caro. O importante é você não subestimar a importância das embalagens e não pular esse passo.

Passo 5: Defina o modo de comercialização dos salgados

Último, porém não menos importante, a forma como você vai comercializar o seu produto é o que vai definir como você se apresentará no mercado. Em suma, há duas opções: você pode revender seus salgados para marcas já consolidadas no mercado, permitindo que elas utilizem o seu produto sob o selo delas, ou você pode criar uma marca própria.

Se você prefere a segunda opção, tenha em mente que toda a ação de marketing, de rótulos a divulgação do produto, ficará tudo por conta da sua equipe.

Deu para perceber que montar uma fábrica de salgados não é nenhum bicho de sete cabeças, desde que esse passos sejam respeitados, não é? Se você gostou desse artigo, também vai gostar de aprender como precificar seus produtos corretamente.