Tudo o que voce precisa saber sobre o chocolate de origem

Você já ouviu falar no chocolate de origem? Pois saiba desde já que esse título identifica chocolates diferenciados, de alta qualidade. Mas ao contrário do que muitos pensam, a origem não se refere ao lugar onde o chocolate é produzido, mas à região de onde vem o cacau usado na fabricação do chocolate! Curioso, não? Quer conhecer um pouco mais sobre o chocolate de origem e descobrir como o local onde o cacau é plantado pode influenciar no sabor, no aroma e na textura do chocolate? Então continue lendo o nosso artigo:

Afinal de contas, o que é esse chocolate de origem?

Assim como as uvas indicam a origem do vinho, o cacau pode indicar a origem do chocolate. Nas diferentes regiões do planeta em que o cacau é produzido, o solo, o ambiente e o clima produzem diferentes tipos de frutos, muitos deles com sabores simplesmente inigualáveis. E os chocolates de origem são feitos exatamente com esses grãos de cacau especiais, vindos de regiões específicas da África, do Caribe e de muitas outras localidades, incluindo aí Brasil, Equador e até Madagascar!

Por que os chocolates de origem são tão diferentes?

A resposta é simples: os chocolates de origem são produzidos a partir de grãos selecionados, sem quaisquer tipos de misturas. Além disso, a produção do cacau é limitada e suas plantações são conhecidas no mundo inteiro pela excelência no cultivo. Não é à toa que os chocolates de origem encantam até mesmo o paladar dos consumidores mais exigentes.

De onde são os chocolates de origem mais famosos?

Como o cacau é uma fruta que floresce nos pontos mais quentes da terra, esses grãos são produzidos, em larga escala, na África, na América Central, na Ásia e América do Sul. Embora esses sejam os principais produtores do cacau tradicional, os tipos cacau usados na produção do chocolate de origem vêm de Santo Domingo, Granade, Equador, São Tomé, Gana, Tanzânia, Madagascar, Java e Papua-Nova Guiné.

Quais são as características do chocolate de origem?

Primeiramente, para se conseguir o certificado de origem controlada, o cacau precisa ter a regularidade de produção comprovada a cada colheita. Além disso, o chocolate precisa ser feito unicamente com um tipo de cacau, sendo que os frutos devem ser oriundos da mesma região. Querendo ou não, isso interfere — e muito! — no sabor e no aroma do produto.

Chocolates suíço e belga são chocolates de origem?

Apesar de serem conhecidos por terem sabor e textura inconfundíveis, nem o chocolate belga nem o suíço são chocolates de origem, pois o adjetivo pátrio indica, nesse caso, o local onde o chocolate foi fabricado e não a origem do cacau utilizado nas receitas. O que garante o alto padrão de qualidade desses chocolates são as técnicas de produção e também a boa procedência do cacau usado.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre os chocolates de origem? Vai incluí-los em suas receitas ou degustá-los para saciar a vontade de comer um chocolate diferenciado? Comente e divida suas impressões conosco! Ah, e para encontrar ótimos chocolates importados e de origem para incluir em suas tortas, coberturas e bombons, visite a nossa loja virtual!