bloggggg

Conhecida popularmente como carne de soja, a proteína texturizada surgiu como uma alternativa de substituição da carne para os vegetarianos, mas logo conquistou paladares em todos os tipos de cozinha. Fonte rica de fibras e proteínas, esse alimento possui características semelhantes às da carne em si — como a textura e o gosto — e proporciona inúmeros benefícios para a saúde.

A carne de soja é a proteína isolada da soja, ou seja, aquela obtida por meio da extração de todo o seu óleo. De sabor muito especial e possuindo uma enorme versatilidade no preparo dos pratos, a proteína texturizada simplesmente não pode, hoje em dia, ficar de fora do seu cardápio! Vamos conferir por que ela é tão especial? Então confira:

Alto teor de proteínas

Importante para a conservação e para o crescimento dos tecidos, dos órgãos e das células, a proteína deve estar presente em nossa dieta desde os primeiros anos de vida. A proteína de soja tem mais proteína até do que os ovos e as carnes vermelha e branca, podendo, por isso, ser utilizada em substituição a esses alimentos nas refeições.

Componentes antitóxicos

A isoflavona, presente na soja, fortalece o sistema imunológico ajudando a proteger o corpo de toxinas, agindo, por exemplo, contra os radicais livres, responsáveis pelo aparecimento de alguns tipo de câncer e de doenças crônicas. A proteína de soja ainda auxilia no combate ao envelhecimento, retardando o aparecimento de rugas e outros sinais físicos. Ela também atua na redução do colesterol ruim, conhecido com LDL, pela grande quantidade de fibras contidas em sua composição. Com a diminuição do colesterol, proporcionalmente se tem a diminuição de risco de tromboses e infartos. São muitos os benefícios!

Fonte de energia

A proteína de soja possui aminoácidos de cadeia ramificada, a glutamina e arginina. Esses aminoácidos ajudam na contração muscular, auxiliando o ganho de massa e também a eliminação das gorduras, uma vez que acelera o metabolismo. Com a otimização causada pelo treino, há ganho de energia e, consequentemente, melhora no desempenho dos exercícios físicos.

Menor concentração de gordura

A proteína de soja possui um teor de gordura muito inferior ao das carnes animais, sendo, assim, indicada para quem sofre com problemas de colesterol alto e hipertensão. Por essa característica, os consumidores de soja conseguem obter mais energia e têm também uma sensação digestiva bem mais agradável.

Uso combinado com carne

Por possuírem características tão próximas, a proteína de soja pode ser utilizada misturada às carnes. Nesse caso, a proteína escura é misturada à carne bovina moída na quantidade de até 1/3 dos componentes totais. Como a soja aumenta de tamanho, representa um bom ganho no preparo de produtos com carne moída, podendo baratear em até a metade o valor do alimento. Já a proteína clara tem o mesmo efeito com os peixes e as aves, adicionando um delicioso sabor a mais.

Livre de glúten e digestiva

A dieta livre de glúten está fazendo o maior sucesso e ganhando adeptos em todo o Brasil. E a proteína de soja não só pode como deve ser consumida por quem segue esse tipo de dieta, por intolerância ou puro hábito. Além de tudo, a forma como a proteína é processada possibilita uma melhor digestão de proteínas, superior até que a da soja tradicional.

Preparo fácil e versátil

O modo de preparo dessa proteína indica que ela deve ser hidratada. Para isso, antes de refogá-la ou cozinhá-la, deve-se adicionar água quente na mesma quantidade da proteína e deixá-la descansar por entre 5 a 10 minutos. Depois é só adicionar alguns temperos, refogá-la sozinha ou combinada com algum outro ingrediente. Há pessoas que consomem a proteína mesmo seca, por gostarem de seu aspecto crocante, em cima de saladas ou temperada com azeite.

Agora comente aqui e nos conte se já tem o costume de consumir esse ingrediente. Na NOVA SAFRA você encontra diversas marcas de proteína de soja. Clique aqui e confira! Como normalmente o prepara? Compartilhe suas opiniões e receitas conosco!