Ice cream

Sobremesa impressionantemente popular no Brasil, os sorvetes conquistaram os públicos de todas as idades, já há muito tempo, inclusive. E isso se comprova cada dia mais pela quantidade de sorveterias e gelaterias que pipocaram em todo o território brasileiro nos últimos anos, chamando de vez a atenção para o produto.

E essa popularidade toda não é à toa! O alimento é mesmo muito bom, hidratando enquanto refresca, ainda podendo ser combinado com uma série de guloseimas, incrementando seu sabor. Os preços variam assim como a quantidade de sabores, podendo ir desde o mais módico até o mais absurdo, alcançando o valor de sobremesas de luxo!

Gelatos e sorvetes: por mais que sejam aparentemente parecidos, o que afinal define sua diferença? Pois é exatamente o que você vai aprender ao conferir agora mesmo nosso post. Então vamos lá?

Sentindo a diferença nas texturas

Quando se toma um gelato, é possível sentir aquele friozinho de forma suave, que não agride o céu da boca. Por ser armazenado em uma temperatura muito mais alta do que a do sorvete tradicional, ele deixa um rastro de sabor mais intenso no paladar, criando uma textura mais suave e uma cremosidade bem mais delicada. Entendeu agora por que os italianos adoram tomar gelatos no inverno, sem sentirem frio? O sorvete, por sua vez, já proporciona uma sensação mais próxima à do gelo, com uma textura mais pesada e cremosidade densa.

Entendendo os modos de fabricação

Os sorvetes geralmente são fabricados em larga escala, utilizando-se ingredientes industriais, com conservantes, aromatizantes, corantes e outros diversos componentes artificiais. Já os gelatos utilizam uma técnica artesanal, feita com ingredientes criteriosamente selecionados, enfatizando-se o sabor em vez da forma, até mesmo pela quantidade de açúcar que contém. O doce amenizado do gelato também se deve ao menor número de gordura com relação ao sorvete. Derivando os sabores, os gelatos devem ser preparados sempre com ingredientes frescos, como frutas da estação e chocolates típicos da região, por exemplo. Já os sorvetes contam sempre com os mesmos sabores, independentemente de ser a época da safra X de acordo com a região.

Avaliando a opção mais saudável

Quando se fala em sorvete, na verdade, a última coisa que vai para a balança é a saúde, não é verdade? Não deveria, mas, na realidade, é! E o que isso tem a ver com a diferença entre sorvete e gelato? Bom, como o gelato contém menos ar em sua fabricação, passa a ser a escolha mais saudável. Em média, os gelatos contêm de 50% a 60% a menos de gordura do que o sorvete convencional, sendo que seu teor de açúcar é rigorosamente balanceado com a água, para atuar como anticongelante. Um pouco menos de tudo o que faz mal já conta muitos pontos para a felicidade do organismo, não concorda?

Um tanto quanto tradicionais no Brasil, os sorvetes e gelatos disputam lugares cada vez mais próximos no mercado. Atendendo a um público mais exigente, a opção mais saudável tem também um custo mais oneroso, sendo bastante usada em porções individuais. Para festas e ocasiões que peçam porções mais generosas, a opção do potão de sorvete de 2 litros ainda é a preferida da maioria dos brasileiros, que não dispensam uma sobremesa gelada no verão!

Entendeu melhor a diferença entre essas duas opções? Então agora comente aqui e nos conte qual é sua preferida! Compartilhe seus gostos e suas experiências conosco e participe da conversa!