Paes02

Difícil é encontrar quem não goste de pão, não é mesmo? Por mais que o tradicional pão francês ainda seja o queridinho dos brasileiros, para os apaixonados por novidades, o avanço das técnicas culinárias e das experiências na indústria alimentícia tem ajudado a criar ou recuperar antigas receitas, extremamente saborosas e super diferenciadas. Neste post vamos apresentar alguns tipos de pães que vão deixar sua mesa de lanche ainda mais saborosa e nutritiva. Já deu água na boca? Então confira agora mesmo:

Pão de fermentação natural

Uma das novas tendências da panificação é o retorno dos pães de fermentação natural, que são feitos com os mesmos ingredientes do pão tradicional, mas com uma simples, mas essencial diferença: a utilização de fermentos vivos. Esses fermentos, além de conferirem uma elaboração que relembra as primeiras receitas de panificação da história, dão ao alimento um sabor extremamente característico, um odor diferenciado e uma textura única. Além disso, a fermentação natural faz com que o produto final dure muito mais do que se feito com as receitas normais, com fermento industrializado.

Pão de farinha integral

A farinha branca, de trigo polido, é um ingrediente de caloria vazia devido a seu baixo valor nutricional. Quando a receita é produzida com a farinha integral, preparada com o grão de trigo moído com a casca, o pão se torna ainda mais saboroso e muito mais nutritivo. O maior teor de fibras alimentares traz uma consistência mais firme ao pão, além de conferir um sabor diferenciado e fornecer uma fonte mais segura de carboidratos para o organismo.

Pão ciabatta

Esse é um pão de origem italiana, preparado com os mesmos ingredientes do pão tradicional — farinha, fermento e água. A diferença desse para os outros pães está em sua preparação, já que seus ingredientes são misturados algumas horas antes do real preparo da massa, com o acréscimo de uma grande quantidade de água. O resultado disso é um pão bastante aerado, com sabor e consistência diferenciados, ideal para ser consumido com antepastos ou para o preparo de deliciosos sanduíches. Uma curiosidade rápida: o nome desse pão é uma alusão à palavra chinelo — ciabatta, em italiano —, por causa de seu formato mais achatado.

Pão de centeio

Quem quer fazer uma receita de pão completamente diferente também pode optar por testar outros tipos de farinha de cereais. A substituição da farinha de trigo pela farinha de centeio — cereal da mesma família do trigo — deixa a receita bastante saborosa. Esse ingrediente deixa o pão com um sabor mais adocicado, que costuma agradar bastante ao paladar de quem tem a língua puxada para o doce. A farinha de centeio também costuma ser moída com a casca, o que confere um maior valor nutricional ao pão.

Pão australiano

O pão australiano também vem fazendo grande sucesso no Brasil, especialmente após a chegada de algumas cadeias de restaurante de culinária australiana no país. Sua característica coloração escura vem da farinha de trigo integral utilizada em seu preparo, que é enriquecida com ferro e ácido fólico. A receita ainda leva extrato de mel, que deixa seu sabor levemente adocicado. Ele também é considerado uma importante fonte de vitaminas, minerais e fibras alimentares.

Pão sírio

O pão sírio é um tipo de pão bastante conhecido no Brasil, graças à influência da cultura árabe no país. Feito com uma menor quantidade de farinha de trigo, possui uma massa fina e super saborosa. Essa é uma boa opção para degustar com antepastos ou para acompanhar outros pratos árabes — como, por exemplo, o kibe cru e a coalhada.

Agora comente aqui e nos conte: qual é sua receita de pão favorita? Quer sugerir alguma outra sugestão de pão e enriquecer nossa listinha? Compartilhe conosco suas impressões e experiências! Participe!