0,,37671933,00

O segmento da alimentação fast food tem, já há bastante tempo, um dos crescimentos mais estáveis e consistentes no mercado mundial. E esse tipo de estabelecimento tomou boa parte do mercado alimentício por conseguir atender às demandas de uma geração com cada vez menos tempo e paciência para parar e comer propriamente.

Dentro desse segmento de alimentação rápida, surgiu um estilo de restaurante que vem ameaçando o reinado das lanchonetes fast food: o fast casual market. Você sabe o que é e como funciona essa inovação? Então acompanhe agora mesmo nosso post:

Entendendo o conceito

O fast casual market é o ramo que se posiciona exatamente entre as redes de fast food e o casual dining, caracterizando-se por fornecer uma alimentação fresca, rápida e mais customizada, fugindo, assim, das receitas tradicionais encontradas em fast foods ou dos ambientes e pratos mais elaborados do casual dining. Algumas características particulares ajudam a entender como essa categoria funciona e por que ela tem crescido tanto. Então vamos conhecê-las?

Acrescentando qualidade ao fast food

Os fast foods tradicionais são sempre associados a uma alimentação rápida, porém de má qualidade nutricional, já que geralmente fornecem opções gordurosas ou pouco nutritivas em seus cardápios. Na categoria fast casual market, no entanto, a refeição continua sendo servida rapidamente, mas sua qualidade nutricional é significativamente maior do que as servidas em fast foods.

Por optarem por alimentos frescos e preparações mais leves, os fast casual markets caíram no gosto da clientela que se preocupa com a qualidade da alimentação, mas que não pode perder muito tempo fazendo grandes refeições em restaurantes tradicionais.

Atendendo menos

O ambiente dos fast casual markets geralmente contam com atendimento mínimo no local — em torno de 5 ou 6 mesas, menos do que o disponibilizado em redes de casual dining e fast food. O que também ajuda a diferenciar o fast casual market de uma casa tradicional de fast food é a ausência de drive thrus, forçando o cliente a entrar no restaurante e adquirir o alimento da maneira mais fresca possível. Alguns estabelecimentos podem até optar pelo serviço de delivery, apesar de também não ser muito comum no segmento.

Aumentando o valor das refeições

O segmento de fast casual market geralmente pratica um valor um pouco mais elevado das refeições quando comparadas às redes de fast food tradicionais, mas inferiores aos aplicados em casas de casual dining. A justificativa do preço diferenciado é a garantia de melhor sabor e qualidade nutricional, já que o fast casual market preza pelo fornecimento de refeições mais frescas e saudáveis. A equação é simples: como esse tipo de manipulação dos alimentos demanda um pouco mais de cuidado, eleva o preço das refeições.

Ameaçando as cadeias de fast food

A característica mais forte dos fast casual markets é seu franco crescimento nos últimos anos, impulsionado por uma geração que procura por uma alimentação mais saudável e saborosa, mas que também não quer perder a praticidade praticada nos fast foods. Como a diferença de preço entre pratos não costuma ser tão alto, esse segmento tem ameaçado a saúde financeira e o crescimento de grandes franquias de fast food ao longo do mundo.

Marcas tradicionais — como o McDonalds, por exemplo — estão tendo que aprender a adequar seu cardápio às novas exigências dessa geração, introduzindo alternativas alimentares mais saudáveis para voltar a competir com os recém-chegados fast casual markets.

E você, o que acha dessa nova modalidade de alimentação fast food? Ficou interessado? Comente aqui e compartilhe conosco suas opiniões!