refrigerator full of healthy food. fruits and vegetables

Quando nos alimentamos devemos nos preocupar não somente com o sabor e a qualidade dos pratos, mas, também, com a maneira como armazenamos os ingredientes. É óbvia a importância de se refrigerar ou congelar alguns produtos, mas isso tem sido feito da maneira correta? Para não correr o risco de falhar na hora de guardar seus alimentos, que tal seguir nossas dicas e aprender a armazenar corretamente esses produtos? Então confira:

Armazenando alimentos na geladeira

A geladeira é nossa melhor alternativa caseira de refrigeração. Nela armazenamos os alimentos perecíveis, mas que serão consumidos em um prazo curto de tempo — que pode variar entre uma ou duas semanas.

Por isso, guarde na geladeira produtos como laticínios, carnes para preparo imediato, temperos, molhos, vegetais e alimentos já preparados, não se esquecendo de consumi-los dentro do prazo estabelecido, para que não acabem vencendo mesmo dentro do refrigerador.

Guardando alimentos no congelador

Congelar um alimento significa aumentar o tempo de armazenamento do produto, para que ele possa ser consumido em um prazo maior que simplesmente algumas poucas semanas. Alguns produtos congelados podem aumentar sua validade em até meses, quando comparados a suas versões refrigeradas. Por isso, congele alimentos crus ou semipreparados — sem tempero —, que não serão consumidos imediatamente.

Cuidando das temperaturas

Mas como saber se você está refrigerando ou congelando da maneira correta? Os padrões de segurança alimentar recomendam que as temperaturas para produtos refrigerados oscilem entre 4 e 6ºC na geladeira, para que não corram o risco de estragar. Já os congelados devem chegar a, aproximadamente, -18ºC. Qualquer valor diferente desses pode colocar em risco a integridade do produto.

Registrando a data de fabricação

Alimentos prontos refrigerados na temperatura correta podem durar, aproximadamente, cinco dias dentro da geladeira sem estragar. Para saber se seu alimento está vencendo ou não, lembre-se de anotar a data de fabricação na vasilha ou no pote em que você vai guardá-lo para refrigeração, dessa maneira é muito mais simples saber o que você deve comer primeiro quando abrir a geladeira para preparar uma refeição.

Congelando os descongelados

Uma vez que os alimentos são descongelados para consumo, não se recomenda que eles sejam novamente congelados para armazenamento. Isso acontece porque o frio não é capaz de matar as bactérias, simplesmente inibindo temporariamente sua ação. Assim, quando um alimento é descongelado, deve ser imediatamente consumido. O que eventualmente sobrar deve ser refrigerado para o consumo em, no máximo, cinco dias.

Separando alimentos diferentes

Para armazenar produtos na geladeira é preciso que se tenha um cuidado especial com o local onde cada tipo de alimento será colocado. Os alimentos crus devem ficar na parte inferior da geladeira, preferencialmente em uma gaveta, sem contato com alimentos prontos ou semicozidos. Já os alimentos semiprontos devem ocupar a parte do meio do refrigerador, enquanto a parte superior deve ficar para os alimentos prontos para consumo imediato — como saladas, doces, frutas picadas e demais pratos prontos.

Organizando a geladeira com o sistema PVPS

O sistema Primeiro que Vence é o Primeiro que Sai (PVPS) organiza sua geladeira ou seu congelador colocando mais para o fundo os alimentos que têm vencimento com prazo maior e deixando na frente os alimentos que devem ser consumidos primeiro, já que têm um prazo de validade menor.

Dessa maneira fica bem mais fácil aproveitar os alimentos que correm o risco de estragar mais rapidamente na geladeira, diminuindo o desperdício e aproveitando melhor o espaço do refrigerador.

Agora queremos ouvir sua opinião: você já coloca alguma dessas dicas em prática no seu estabelecimento? Quais alimentos você costuma refrigerar ou congelar? Compartilhe suas experiências conosco!