como_fazer_ovos_de_p_scoa_02

O feriado da páscoa já está chegando e os comércios já estão com os mais diversos e exóticos ovos de chocolates das grandes marcas. Sem dúvida, estes produtos são excelentes fontes de renda para qualquer estabelecimento. Mas e se você quisesse investir em algo diferente e sofisticado, vendendo seus próprios ovos de chocolate ?

Avalie a produção

Realmente, vender os próprios ovos de chocolate pode ser uma boa e criativa idéia para aumentar as vendas, mas é preciso ver a viabilidade de produção deste chocolate: há espaço disponível para montar os ovos? É preciso mão de obra específica para este fim? A rotina do meu negócio será afetada de alguma maneira? Eu farei produtos de qualidade? Estas são algumas das perguntas que devem ser feitas antes de você cogitar começar algo diferente.

Qual tipo de chocolate utilizo para produzir ovos?

Os ovos de chocolates das melhores marcas são produzidos com chocolates puro: tanto ao leite, amargo ou branco, sem grandes segredos. Como o ambiente em  padarias é geralmente quente, é recomendado considerar a produção de ovos com chocolates fracionados. Estes são utilizados para glaçar bombons e fazer casquinhas de chocolates . Por conterem um maior teor de gordura vegetal em sua composição eles são mais firmes e derretem com mais dificuldade. Em compensação, são chocolates menos saborosos e de qualidade um pouquinho inferior, por isto é interessante usá-los para formar a casca do ovo e ousar no recheio para compensar.

Quais tipos de ovos posso produzir?

Você pode produzir o que quiser e o que for criativo o suficiente (e capacitado) para conseguir. Se for utilizar o chocolate fracionado, como explicamos acima, é interessante produzir ovos recheados com outros doces, especialmente se eles forem especialidades da sua padaria, garantindo a qualidade e a marca registrada do produto. Doce de leite, brigadeiros, mousses são algumas das opções de recheios inovadores. Aproveite que a tendência da páscoa de 2014 são os ovos que podem ser comido com colher, e abuse dos recheios cremosos e deliciosos. Se você quer rechear o ovo com outras coisas, e não algo cremoso, use a criatividade: balas e bombons nunca saem de moda; cupcakes e macarrons são uma tendência para este ano.

Ovos de Páscoa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se não consigo produzir ovos, posso criar outros produtos temáticos?

Não só pode, como deve! Como dissemos acima, nem toda padaria será capaz de produzir seus próprios ovos de chocolate, não só por causa das temperaturas elevadas, mas também porque isto exige uma nova logística e, muitas vezes uma mudança inesperada de rotina. Para evitar transtornos na sua produção diária é possível usar a criatividade com itens já vendidos na casa: tortas decoradas com tema de páscoa, bolos, e até pães temáticos costumam vender bem neste feriado, especialmente se sua padaria ou estabelecimento abre no domingo de páscoa.

coelhinho

 

Colomba pascal é algo interessante de se produzir?

Sim. Este pão italiano, muito similar ao panetone, é sempre uma tendência, especialmente para as famílias descendentes do país europeu. Para quem não conhece, a colomba pascal é um pão em formato de pomba (que é um dos símbolos da páscoa) feito de massa sovada e doce, encrustada com frutas cristalizadas, uvas-passas ou chocolate em gotas. Na Itália ele é servido no domingo de páscoa, logo pela manhã, ou depois do almoço em família.

mistura_colomba_pascal copy

 

 

 
Optar por produzir este pão pode ser uma boa saída para as padarias que querem fazer algo típico para a data, mas que não podem alterar muito sua rotina de produção para criar ovos de chocolate. A colomba pascal é simples de fazer, gostosa e especialmente tradicional, tornando-se uma iguaria que pode ser oferecida na sua padaria nos feriados de páscoa.

Estas são só algumas dicas de como vender ovos de páscoa (e outros produtos da época) em seu estabelecimento. Por isto nunca deixe de usar sua criatividade e abusar da sua capacidade de criar algo inovador e gostoso para seus clientes, especialmente em datas comemorativas.

Gostou do nosso artigo? Não deixe de comentar!