chocolateee

Acabou o carnaval, agora finalmente começa o ano no Brasil – e ele já vem com cheiro de chocolate. As prateleiras já estão cheias de ovos de páscoa e quem fabrica ovos nesta época já está começando a programar a produção.

Eis que você, ao comprar os produtos para fazer seus ovos de páscoa caseiros, olha para prateleira e vê três tipos de chocolates diferentes: chocolate puro, cobertura fracionada chocolate e cobertura hidrogenada chocolate. Cada um deles tem seu uso específico na culinária. Cada um deles tem gosto, preço e qualidade bastante variáveis. A maioria das embalagens não explica muito bem para quê cada uma serve. E aí, qual escolher?

Para isso, descubra as diferenças entre cada um e faça a melhor escolha.

CHOCOLATE PURO

 

dsg

Bom, em primeiro lugar, para ser considerado chocolate, o produto precisa ter no mínimo 25% cacau. Se isso acontecer, ele é um chocolate puro. Ele contém alto percentual da fruta na sua composição e por isso seu sabor agrada mais ao paladar, tendo também um cheiro bem mais convidativo do que os outros. Esse chocolate é mais cremoso e não leva outros tipos de gordura ao ser produzido.

Porém, para fazer bombons, doces e os ovos de páscoa, ele deve ser derretido no máximo entre 40 ºC e 45 ºC. Se for mais alto que isso, ele desnaturaliza ou pior, pode queimar. Logo após ser derretido, ele precisa ser resfriado (temperagem), e essa temperatura também precisa ser controlada: entre -25 ºC e -30 ºC. É esse processo que faz com que o chocolate fique com brilho, derreta na boca, uma boa textura, entre outras vantagens.

Por derreter com certa facilidade, o Chocolate puro é recomendado para ser utilizado em recheios de trufas, tortas, bombons entre outras delícias. Apresenta um preço mais elevado do que as coberturas.

COBERTURA FRACIONADA

 

ft_prod_1_239_p copy

 

Neste tipo, a manteiga de cacau é substituída por gordura vegetal (normalmente óleo de palma). É esta gordura que proporciona ao chocolate um sabor de leite mais acentuado e textura aveludada do que a Cobertura Hidrogenada.

Ao derreter, ele não precisa passar pelo mesmo choque térmico do chocolate puro. A temperatura ideal para usá-lo é 36 ºC. Ele é recomendado para banhar bombons, casquinhas de chocolate e cobrir tortas.

 

COBERTURA HIDROGENADA

 

Vcom_099_DSC00977

 

Você com certeza já ouviu falar do “chocolate parafina”, geralmente associado a produtos de qualidade inferior. Pois é. Ele nada mais é do que o doce feito com a cobertura de chocolate hidrogenada. Neles a manteiga de cacau foi trocada por óleo de soja. Seu sabor e textura ficam bem longe da qualidade dos outros dois, sendo bem mais gorduroso. Normalmente ele é usado em produção de grande escala, principalmente por não derreter fácil. Seu paladar lembra o de margarina – e por isso a sua fama de ‘parafina’.

É muito utilizado para banhar bombons e  fazer casquinhas de chocolate. Apresenta um custo inferior.

E QUAL É O VEREDITO?

Bom, fica claro que, de todos os três, o hidrogenado é o menos recomendado, já que seu gosto e brilho não é tão bom. O chocolate puro é a melhor opção de paladar e textura, mas exige um cuidado especial para produzir os ovos com ela. A cobertura de chocolate fracionada é inferior ao chocolate puro, tanto na qualidade. sabor e na textura, mas é um tipo mais fácil de ser trabalhado e apresenta um custo inferior.

E você, já conhecia a diferença entre esses chocolates? Qual deles costuma usar? Conte para a gente através dos comentários!